Opinião

13/09/2021 Última atualização 10H00
Opinião

O regresso às trevas

O exercício das liberdades, direitos e garantias fundamentais devem envolver, sobretudo, valores como a tolerância, o respeito, a educação, entre outros, ao lado das exigências legais que radicam na dupla e inseparável realidade ligada a direitos e deveres.

12/09/2021 Última atualização 07H50
Opinião

O preço e o peso do obscuro

Ana. Ficamos apenas pelo primeiro nome da mulher que assumiu ter andado “em casas escuras”, mas responsabilizando a mãe de a ter obrigado a ir num lugar onde o homem renega o poder do seu Criador, na esperança de rapidamente ver resolvidos os seus problemas existenciais.

12/09/2021 Última atualização 07H50
Opinião

Para ti, mulher de hoje!

Bonjour, meu filho. Como estás? A minha nora francesinha? E o Macronzinho e sua mamoite? Aqui, 'inda vai que não vai. Saúde a normalizar. Apanhei já segunda dose da vacina contra a Covid-19.

12/09/2021 Última atualização 07H50
Opinião

Os mártires da culpa

Quem disse que os outros devem pagar por existires? Uma vez em vida, principalmente quando passas a tomar consciência das coisas, dos teus actos, apócrifos ou não, és responsável por tudo o que te acontece e que não te acontece, és somente o único culpado até prova em contrário.

12/09/2021 Última atualização 07H50
Opinião

Mendicidade, ponta de um dramático iceberg

A mendicidade é um sinal de falência do Estado! O Estado não pode deixar de assumir a sua responsabilidade de evitar situações catastróficas, que destruam famílias e o tecido social, levando ao fenómeno extremo da exposição pública das misérias humanas e chegando à utilização abusiva das crianças como chamariz central para a eficácia dessa prática degradante, que é a mendicidade.

12/09/2021 Última atualização 07H50
Opinião

A democracia e os delírios da batota

A pergunta é incomodativa. Dirigida às elites políticas cujo protagonismo nas comunidades, faz convencer que dominam tudo e todos. Questiono então. Que é do povo heróico e generoso de que, sem pudor, se têm servido?

12/09/2021 Última atualização 07H50
Opinião

Fake News

A proficiência tecnológica dos nossos dias se tem revelado de grande serventia para o Homem, mas lhe tem, igualmente, provocado dissabores. Fiquemo-nos, aqui, pela Internet, ferramenta de extrema utilidade, que, no seu conjunto, oferece recursos inimagináveis, para quem busca informação, procura por conhecimento; disponibiliza um mundo de alternativas, que vão da prestação de serviços, nas mais diferentes áreas, ao uso belicista.

11/09/2021 Última atualização 05H40
Opinião

Os 45 anos das relações diplomáticas entre Japão e Angola **

Antes de mais, manifesto os meus pêsames e condolências aos familiares e às vítimas da COVID-19, uma pandemia que assombra o mundo desde o início do ano passado. Também expresso os meus profundos agradecimentos e respeito a todos os profissionais de saúde que lidam com a COVID-19.

11/09/2021 Última atualização 05H40
Opinião

A transição energética

A transição energética, entendida como a substituição dos combustíveis fósseis, petróleo, gás natural, carvão, lenha, entre outros, “culpados” pelas emissões dos gases com efeito de estufa, para as chamadas energias limpas até a efectivação de zero emissão, está hoje na agenda de numerosos Estados.

11/09/2021 Última atualização 05H35
Opinião

Novas formas de formação

A formação dos jovens está a ser levada muito a sério em vários países africanos. Estou na Zâmbia, na cidade de Kitwe, perto da fronteira com a República Democrática do Congo (RDC). No outro dia, num centro comercial, notei a presença de muitos jovens a falarem em francês e Inglês; soube que são filhos de congoleses enviados para a Zâmbia por causa do seu sistema de educação, que é muito melhor que o da RDC.

10/09/2021 Última atualização 06H55
Opinião

O Estado somos todos

O Estado, desde que se conhece, se concebe e se estrutura esse “ente westefaliano”, a ideia trinitária do mesmo, envolvendo o poder político, o espaço geográfico e o povo, leva-nos a resumir em palavras muito simples que encerram precisamente a ideia de Estado, a de que “somos todos”.

10/09/2021 Última atualização 06H05
Opinião

O que é uma pátria?

No dia 13 de Dezembro de 2017, o Presidente João Lourenço, no encerramento de um seminário sobre “Os tipos de crimes a que estão sujeitos os titulares de cargos públicos”, afirmou que seria atribuído em 2018 “um período de graça, durante o qual todos aqueles cidadãos angolanos que repatriarem capitais do estrangeiro para Angola e os investirem na economia, empresas geradoras de bens, de serviços e de empregos, não serão molestados, não serão interrogados das razões de terem tido dinheiro lá fora, não serão processados judicialmente”