Opinião

19/09/2021 Última atualização 10H58
Opinião

“Kota da banda” e fotojornalista

Conheci Zé Cola há mais de 40 anos no bairro Lixeira, do Sambizanga, onde se encontram as casas deixadas pelos nossos respectivos pais e que ainda servem como local para romagem e revisitar familiares, de sangue e afins.

19/09/2021 Última atualização 10H55
Opinião

Lembrei-me deles!

A lembrança é talvez um dos melhores momentos que qualquer um de nós tem para reviver alguns dos melhores e piores momentos da nossa vivência. É da lembrança que conseguimos rebuscar as mágoas, as desilusões e as peripécias que vivemos, para ultrapassar alguns dos momentos que a maravilhosa vida nos dá.

19/09/2021 Última atualização 10H53
Opinião

Um tributo a Kota Seba

Senhor Sebastião era o contínuo da Escola nº 1604, também conhecida por Defesa Civil, na rua de Loulé, do antigo Bairro Popular, hoje baptizado com o nome do malogrado nacionalista Neves Adão Bendinha.

19/09/2021 Última atualização 08H42
Opinião

Quanto esperar do Estado?

“Seja o Estado o veículo e o Executivo apenas o condutor” É extremamente atraente e desejável o modelo de um Estado que zela pelo desenvolvimento do “comum”, que protege os mais fracos, que regula e planifica, que estimula a criatividade e a autonomia dos cidadãos,envolvendo todos.

19/09/2021 Última atualização 08H37
Opinião

Estabilidade para crescer

A agência Moody's Investors Service justificou a elevação do rating de crédito soberano de Angola, com “os preços mais altos do petróleo, melhora da posição fiscal”, mas, principalmente, “sinais de uma governança mais forte, em especial na qualidade das instituições executivas e legislativas do país”.

19/09/2021 Última atualização 07H36
Opinião

O Tempo e o mundo maravilhoso

Como em todo o lado, vivemos em Angola um tempo que crispa os sentimentos dos cidadãos. As reacções sobre o regresso ao país do antigo Presidente da República são um bom exemplo disso.

18/09/2021 Última atualização 05H20
Opinião

O Estado centro-africano

Tudo tem sido feito para que a paz, a estabilidade e sobretudo o entendimento entre todas as forças políticas na República Centro-Africana (RCA) viabilizem o regresso à normalidade política e institucional.

17/09/2021 Última atualização 05H45
Opinião

Lições dos colonos

Durante a minha infância, aqui na Zâmbia, frequentava muito as bibliotecas. Praticamente cada bairro tinha uma biblioteca pública. Eu gostava muito de ler as obras sobre a História da África Central. Uma das figuras que sempre me fascinou é a de Cecil Rhodes, o capitalista e imperialista que, justamente, é visto como um grande vilão. No Katchiungo, minha vila natal, no Huambo, sempre penso em Robert Williams, o engenheiro escocês que trabalhou muito próximo de Rhodes, e que liderou a construção do Caminho-de-Ferro de Benguela (CFB).

17/09/2021 Última atualização 05H40
Opinião

Em defesa da integridade moral e física dos jornalistas

Se há mérito na decisão das direcções da TPA e da TV Zimbo de suspenderem a cobertura das actividades promovidas pela UNITA, na sequência dos incidentes registados na manifestação de sábado, em que jornalistas dessas duas estações de televisão foram molestados e impedidos de trabalhar, ele reside no facto de essa posição obrigar a direcção do partido do “galo negro” ao dever cívico de conduta responsável em relação aos profissionais da Comunicação Social.

17/09/2021 Última atualização 05H05
Opinião

A grandeza de Neto

Felizes os povos que têm referências do processo de construção do Estado, autores que forjaram a caminhada colectiva em busca de desígnios nacionais, pessoas que souberam, quando a circunstância e a História assim determinaram, corresponder às expectativas para liderar, nas condições e contexto de um país que começava do zero. Independentemente das situações eventualmente menos boas que envolvem a trajectória dos movimentos de libertação, do contexto político, económico e social, fruto igualmente da conjuntura de então, não há dúvidas de que o Dr. António Agostinho Neto fez o seu papel com distinção e notoriedade que o tempo se encarrega, cada vez mais, de valorizar.

16/09/2021 Última atualização 05H00
Opinião

Meu amigo Orlando e a amizade quântica

Em Nova Lisboa, eu andava no Colégio D. João de Castro do professor Cabral, maçon convicto que tinha vindo para Angola a fugir de Salazar. Não pagava, meu pai compensava com serviços ao colégio.

16/09/2021 Última atualização 05H00
Opinião

Resultados de uma visita

A visita do Presidente da República à província do Cuanza- Norte permitiu ao Chefe de Estado conhecer melhor os problemas e apreensões da população local. João Lourenço voltou a Ndalatando quase quatro anos depois de lá ter estado, em 2017, por altura da campanha eleitoral, onde chegou a ser recebido por um banho de multidão.