Opinião

29/09/2021 Última atualização 10H42
Opinião

Que “lusofonia” é essa?

O conceito de “lusofonia”, embora seja prático, é claramente um conceito ambíguo e limitado, que não exprime toda a complexa realidade constituída e vivenciada pelos povos de língua portuguesa. Afinal, e como já escrevi aqui, essa comunidade, em termos demográficos, é afro-europeia e não euro-africana. Culturalmente, é cada vez mais mestiça, marcada de maneira distintiva por traços culturais de origem africana.

29/09/2021 Última atualização 10H39
Opinião

Entre a utopia do passado e a realidade sócio-educativa do presente

Uma futura história da Educação em Angola, que, em alguns aspectos, se confunde com a própria história do país, registará, certamente, que, de acordo com dados do Gabinete do Plano do Ministério da Educação, primeira entidade de tutela do ensino superior, foram formados no interior de Angola, entre 1975 e 1991, tão-somente, 2.174 técnicos superiores. No ano académico de 1984/1985, havia apenas 4.493 estudantes no ensino superior, que correspondiam a 0,4% de todos os estudantes do sistema educativo naquele mesmo ano.

29/09/2021 Última atualização 10H37
Opinião

As garantias do comandante

Há dias, o comandante-geral da Polícia Nacional, deu garantias de segurança em todo o país, referindo-se ao papel que a corporação está a desempenhar no quadro das atribuições e expectativas das populações.

28/09/2021 Última atualização 10H04
Opinião

O elogio à leitura

Desconfiar de pessoas que não leiam romances, oferecer livros e cadernos ajuda a definir o meu entorno e a projectar-me, no mundo: quando vejo crianças e adolescentes a passar, em grupo ou sozinhas, e sem nenhum adulto por perto, pela rua em que vivo, de um modo despreocupado, abandonados à sua sorte e tão sem rumo, penso muitas vezes do que seria deles se eles pudessem estar a ler ou a escrever.

28/09/2021 Última atualização 10H02
Opinião

Economia Circular e Desenvolvimento Sustentável

Os recentes consensos alcançados em torno do crescimento e desenvolvimento sustentável reflectem uma viragem radical na forma com que as nações valorizam o tema ambiental e a transição para a economia verde.

28/09/2021 Última atualização 09H59
Opinião

Erradicar a impunidade

Um dos efeitos que muito contribui para a ideia errada de que a corrupção foi, é e continuaria, eventualmente, como um mal inexpugnável tem a ver com a sensação de impunidade que imperou e se enraizou em muitos sectores e mentalidades.

27/09/2021 Última atualização 09H05
Opinião

As pessoas com VIH-Sida

A informação prestada, há dias, segundo a qual a maioria dos pacientes com VIH-Sida está sem tratamento é grave, atendendo aos contornos da doença, cuja aparente invisibilidade a transforma numa "arma sigilosa".

27/09/2021 Última atualização 09H05
Opinião

Presidente João Lourenço quatro anos depois

Ao formar o seu primeiro Governo, em Setembro de 2017 nove dos 31 ministros, mantiveram as suas pastas, ou seja, transitaram do Governo de José Eduardo dos Santos para o de João Lourenço.

27/09/2021 Última atualização 09H05
Opinião

...E ainda sobre a inflação

Desde há um longo período de tempo o país tem vivido um processo inflacionista ascendente, o que vem preocupando muita gente receosa de que qualquer inflação, quando ignorada, se poderá aumentar e se transformar em uma hiper-inflação.

26/09/2021 Última atualização 10H33
Opinião

A voz meiga & a declaração provocadora

Naquele dia belo, como se fosse hoje, acedi ao terraço da casa-lar que habita em mim. Puxei uma cadeira, aspirei fundo, pus ar nas botijas de dentro (pulmões), decidi colocar as coisas em pratos higiénicos... dialoguei de tu para tu com um tal José Luandino Vieira por via do umbral João Vêncio: os seus amores.

26/09/2021 Última atualização 10H28
Opinião

Caminhos das apostas desportivas

Ao longo da semana, os meus caminhos tiveram um só destino, o prognóstico e registo dos jogos que tive inscritos nas oito fichas em minha posse.

26/09/2021 Última atualização 09H12
Opinião

Daqui a 1 e daqui a 4

Que dívida terão contraído os líderes e governantes do pós-Independência (e todas as elites nacionais) para com o povo deste nosso país, ao cabo dos 50 anos que se completarão em 2025? O que dirão à meia-noite da segunda para terça-feira, 10 para 11 de Novembro do ano que marca o fim do primeiro quarto do Século XXI?