Economia

ZEE instala serviço para prestar apoio ao investidor

A Zona Económica Especial Luanda-Bengo cria, este ano, um Gabinete de Apoio ao Investidor (GAI), para reduzir o tempo da resolução de assuntos da esfera da Administração Pública angolana, podendo resultar num aumento significativo do número de empresas instaladas naquele perímetro.

20/10/2021  Última atualização 11H38
© Fotografia por: DR
Em nota de imprensa emitida para anunciar o serviço, a ZEE considera que, além dessas  vantagens, o GAI permite alargar a produção interna e a exportação de bens gerados pela economia nacional.

O Gabinete constitui-se num meio para eliminar obstáculos burocráticos que podem prejudicar a acção dos que pretendem aceder aos activos da economia angolana a privatizar e para aqueles que já se encontram estabelecidos no âmbito do enquadramento jurídico-legal da ZEE.

A ZEE tem instaladas 132 unidades, 75 em funcionamento, 11 em reestruturação, sete a aguardarem pela conclusão do processo de privatização, uma pronta a iniciar a actividade produtiva, 18 em fase de construção e 20 em fase de implantação de projectos, lê-se no documento.

De acordo com o comunicado, produzido a propósito da celebração do 12º aniversário da ZEE, assinalado a 15 de Outubro, 60 por cento dos projectos são relativos a fábricas, 25 por cento são estabelecimentos comerciais e 10 por cento serviços.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia