Política

Zaire: Comité Provincial “seduz” eleitores indecisos

Kayila Silvina | Mbanza Kongo

Jornalista

O MPLA no Zaire intensificou a poucos dias do pleito eleitoral a mobilização porta a porta, no sentido de convencer os potenciais eleitores, com destaque para os indecisos, visando a vitória do cabeça-de-lista João Lourenço, avançou, sexta-feira, em Mbanza Kongo, a chefe do Departamento de Informação e Propaganda.

14/08/2022  Última atualização 06H55
© Fotografia por: DR

Nzuzi Makiese Wete Kadi disse que os membros dos comités provinciais e municipais do MPLA estão a percorrer o Zaire para apresentarem as propostas do partido e distribuir material de propaganda nos bairros, com vista a convencer o eleitorado.

"Para além de priorizarmos o contacto directo com a população, os membros do MPLA estão a explicar o posicionamento do partido e do seu candidato no boletim de voto, bem como apresentar o programa de governação e o nosso manifesto eleitoral”, avançou.

De acordo com Nzuzi Wete Kadi, os militantes do partido, do topo à base, têm a tarefa de mobilizar o maior número de eleitores possíveis em todos os municípios da província.

"Estamos quase em todos os bairros, todos os dias, aqui em Mbanza Kongo, nomeadamente, Álvaro Buta, Martins Kidito, 11 de Novembro, Sagrada Esperança e 4 de Fevereiro e nas comunas. No município do Soyo, os membros também mobilizam porta a porta, nos bairros Fina, Mpangala, Kitona e nas zonas A e B do bairro 1º de Maio e não só”, acrescentou.

Os primeiros secretários municipais do Kuimba, Nóqui, Tomboco, como disse, também têm esta incumbência de realizar campanhas de mobilização porta a porta, ao passo que o Nzeto vai hoje acolher uma marcha de apoio ao candidato do MPLA.

"No município do Nóqui, a campanha de mobilização porta a porta decorreu na aldeia do Ntongi, onde os membros do Comité Municipal do MPLA distribuíram material de propaganda à população com idade eleitoral e fizeram demonstração de como votar no dia 24. No Tomboco, a mobilização foi realizada nos bairros Kimbangu e no Mercado das Bombas, nas aldeias do Santa, Mongo e Mucula”, detalhou.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política