Regiões

Violência desestrutura muitas famílias na província do Bengo

Edvaldo Lemos e Alfredo Ferreira | Caxito

A violência doméstica é um dos principais problemas que provoca a desestruturação das famílias residentes na província do Bengo, avançou, este domingo, em Caxito, a directora do Gabinete Provincial da Acção Social, Família e Igualdade do Género (GASFIG).

16/05/2022  Última atualização 09H05
© Fotografia por: DR

Cândida dos Santos, que falava ao Jornal de Angola por ocasião do Dia Internacional da Família, assinalado este domingo, disse que a instituição que dirige aposta na divulgação da Lei contra a Violência Doméstica para reduzir, por exemplo, o número de casos de fuga à paternidade, que lidera a lista das principais causas que levam à destruição das famílias, nesta região do país. 

"No Bengo, o número de denúncias sobre os casos de fuga à paternidade crescem à cada dia que passa e os efectivos da ordem e segurança pública (polícias e militares) são os mais visados. Por isso decidimos apostar mais na divulgação da Lei contra a Violência Doméstica”, referiu. 

Acrescentou que a divulgação da Lei contra a Violência Doméstica deve passar pela potencialização das salas de aconselhamento e de todos os seus parceiros sociais (autoridades tradicionais, igrejas, comissão de moderadores), no sentido de trabalharem juntos na consciencialização das famílias. 

Segundo Cândida dos Santos, todos os casos de violência doméstica que o GASFIG no Bengo tenta resolver, mas não encontra solução, são encaminhados ao Tribunal do Dande.

"Muitas vezes chamamos as famílias, com objectivo de ajudá-las a resolver os problemas. Mas nem sempre obtemos êxitos e quando assim acontece encaminhamos o caso ao Tribunal do Dande, para o devido tratamento. Temos salas de aconselhamento em todos os municípios”, disse.

O director do GASFIG no Bengo afirmou que o município do Dande regista o maior número de casos de violência doméstica, seguindo-se o Nambuangongo.

 Conselho Provincial da Família

O vice-governador do Bengo para o sector Político, Económico e Social, José Bartolomeu,apelou,sexta-feira, no munícipio dos Dembos, aos casais, no sentido de manterem uma relação saudável, permanecendo unidos na preservação familiar.   

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões