Mundo

Vice-presidente detido por suspeita de corrupção

O vice-Presidente do Malawi foi detido por acusações de corrupção em conexão com a investigação de um grande escândalo de suborno em contratos públicos envolvendo outros altos funcionários, revelou ontem o Departamento Anticorrupção (ACB), citado pela Reuters.

29/11/2022  Última atualização 13H39
Chilima responde à Justiça © Fotografia por: DR

Saulos Chilima recebeu "280 mil dólares e outros bens de Zuneth Sattar" para favorecer o empresário com a dupla nacionalidade do Reino Unido e do Malawi na obtenção de contratos governamentais, segundo um comunicado assinado pelo porta-voz do ACB, Egrita Mdala.

O Presidente do Malawi, Lazarus Chakwera, eleito com a promessa de combater a corrupção, destituiu o seu vice-presidente em junho. Vários ministros e ex-ministros já foram detidos no âmbito do mesmo caso em que várias dezenas de pessoas são suspeitas de estarem envolvidas.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo