Política

Veterano do ANC destaca contributo do Presidente Neto na África Austral

O embaixador e veterano do ANC Jerry Modjila ressaltou os momentos vividos durante a luta na África Austral e o grande impacto que as acções do primeiro Presidente de Angola, Agostinho Neto, tiveram no continente.

25/09/2022  Última atualização 11H22
Jerry Modjila, veterano do Congresso Nacional Africano (ANC), durante a cerimónia alusiva ao Centenário de Neto, em Pretória © Fotografia por: CEDIDA

Falando numa cerimónia alusiva ao Centenário Natalício do primeiro Presidente de Angola, o antigo director-geral do Departamento de Relações Internacionais e Cooperação da África do Sul, destacou o empenho e estratégia de Neto e dos angolanos para a libertação da África Austral, através do apoio às forças do ANC (África do Sul), SWAPO (Namíbia) e do Zimbabwe.

 

O ex-embaixador sula-fricano na Bélgica, União Europeia e Organização das Nações Unidas, durante o acto solidário, realizado em Pretória, enalteceu a iniciativa proporcionada pela Embaixada de Angola na África do Sul, juntando, na última sexta-feira, diplomatas e a comunidade para falar da vida e obra de António Agostinho Neto.

 

Por seu turno, o encarregado de negócios da Embaixada, Eduardo Kondua, sublinhou o percurso histórico de Neto até à proclamação da Independência Nacional a 11 de Novembro de 1975.

 

Na cerimónia, a embaixadora de Angola na África do Sul, Filomena Delgado, esteve ladeada da cônsul-geral do país em Joanesburgo, Irene dos Santos, e pelo vice-cônsul, Nuno Benguela.

 

O evento, enquadrado nos festejos do Centenário do primeiro Presidente de Angola, culminará com o descerrar da estátua de António Agostinho Neto no Freedom Park em Pretória a 6 de Outubro próximo.

 

O Freedom Park tem um memorial com uma lista dos nomes dos mortos nas guerras da África do Sul, Primeira Guerra Mundial, Segunda Guerra Mundial, bem como na luta anti-apartheid.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política