Economia

Vera Daves distinguida com o prémio de “Ministro das Finanças do Ano”

A Ministra das Finanças de Angola, Vera Daves de Sousa, foi distinguida, nesta quarta-feira, 25, em Accra (Ghana), com o título de “Ministro das Finanças do Ano”, pelo African Banker Awards, um evento anual de referência para a banca e finanças do continente, que decorreu a margem das reuniões anuais do Banco Africano de Desenvolvimento (BDA).

26/05/2022  Última atualização 14H32
© Fotografia por: DR | Arquivo

Organizada pela revista African Banker e pela IC Events, em cooperação com a Business in Africa Events, o "African Banker Awards” é uma iniciativa que visa celebrar a excelência e as melhores práticas na banca africana, reconhecendo as personalidades e bancos que impulsionam o sector financeiro em rápida transformação em África.

O reconhecimento, de acordo com os responsáveis pela revista African Banker e os organizadores do African Banker Awards, foi baseado em critérios como o trabalho que a Ministra das Finanças tem desenvolvido visando a sustentabilidade das finanças públicas, bem como a sua capacidade de enfrentar problemas económicos globais mais desafiadores, no actual contexto.

Foram igualmente destacados para este reconhecimento, aspectos como a "corajosa agenda reformista em prol da renovação da confiança na economia de Angola e na mobilização de recursos para a transformação das infra-estruturas”, destacou a organização.

Em mensagem enviada à organização do evento, Vera Daves de Sousa agradeceu o reconhecimento que é extensivo à liderança aberta, visionária e corajosa do Presidente João Lourenço e à toda Equipa Económica do Governo, bem como à toda a equipa do Ministério das Finanças. "Permitam-me agradecer uma vez mais a distinção que deram, não só a mim, mas a toda a equipa do Ministério das Finanças de Angola – e a todos os jovens de Angola, que têm esperança e acreditam que é possível ser jovem, ser honesto, estar alinhado às melhores práticas e ser reconhecido local e internacionalmente por isso. Continuaremos a fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para melhorar a qualidade das nossas Finanças Públicas, da nossa economia e do bem-estar dos cidadãos angolanos”, referiu.

De realçar que, não é a primeira vez que o referido prémio é atribuído a um Ministro das Finanças de Angola. Em 2014, venceu na mesma categoria, o então Ministro das Finanças, Armando Manuel.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia