Cultura

Vencedores incentivados a apostarem na formação

Roque Silva

Jornalista

Os vencedores da 3ª edição do concurso Kids Talent Award (KTA) foram recebidos, em audiência, pela secretária de Estado para Família e Promoção da Mulher, que os incentivou a apostarem na formação.

23/07/2022  Última atualização 09H15
Elsa Bárber (à direita) com a actriz Joamara de Fátima © Fotografia por: DR
Elsa Bárber elogiou o talento das crianças exibido na gala final, que os consagrou os vencedores, no dia 25 de Junho, e os aconselhou a dedicarem-se a formação académica e artística, para que no futuro o seu trabalho seja apresentado com brio e reconhecido pelos amantes das artes angolanas

A audiência concedida, recentemente, no Ministério da Acção Social Família e Promoção da Mulher inseriu-se na programação do Kids Talent Awards, que visa divulgar e dar visibilidade aos vencedores da 3ª edição do concurso.

No encontro, Elsa Bárber felicitou a produção do KTA pela iniciativa e manifestou o interesse de o sector apoiar institucionalmente com a identificação de parceiros que venham a dar sustentabilidade ao projecto.

A secretária de Estado para Família e Promoção da Mulher garantiu que o seu ministério tem as portas abertas, por via do INAC, para sempre que for necessário prestar apoio para o reforço das acções do projecto, inserido nos 11 Compromissos à favor da criança. "Estaremos disponíveis para abraçar a causa”, disse.

A coordenadora de produção do KTA explicou que o projecto é um evento multidisciplinar voltado para o sector das artes e visa premiar os artistas infantis, bem como os profissionais que se dedicam a produção e promoção artística e eventos para crianças em jeito de reconhecimento pelo seu trabalho e incentivar a nova geração na preservação e materialização do mosaico cultural angolano.

Celina Coluna Lemba disse que, no âmbito da programação do Kids Talent Awards, as crianças vencedoras têm estado envolvidas em várias actividades de carácter solidário e cultural.

A gala do concurso Kids Talent Award (KTA), que decorreu  sob o lema "Neto, Seu Legado presente na arte da criança”, em homenagem ao Centenário de Agostinho Neto, que se assinala a 17 de Setembro, premiou o filme "A palavra tem poder” com o troféu de melhor filme, a personagem principal Joamara de Fátima "Angolaninha”, como a melhor actriz e melhor apresentadora de rádio.

Foram ainda premiadas outras categorias do sector das artes e cultura, designadamente: melhor actor de filme (Leandro Muhongo - filme Chaduka), melhor peça de teatro (O Pai Natal Angolano), actriz de teatro (Sofia Sapateiro), grupo musical (Trio da Diversão), melhor música (Mana Taxa), declamadores (Laudemia Cleia e José Raimundo Gonçalves Kiesse), grupo de dança (Academia de artes Dumara Lopes), melhor bailarina (Ivanilda Pinto), melhor texto literário (Marlene Torres) e artista plástica favorita (Maria Diniz). Madalena Tuaffenny Quinjungo do Nascimento venceu a categoria Tik Tok, ligada a produção de conteúdo na internet, enquanto Madalena Rosa dos Santos Santiago (produção de eventos), Daniel Costa (melhor apresentador rádio), Haniel Carneiro (repórter), Malta da Paz e da Alegria (Programa infantil de TV) e Kabukus da Rádio (Programa infantil de Rádio).

A terceira edição registou mais de 300 inscrições e elegeu mais de 100 finalistas, com idades entre os seis e os 17 anos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura