Regiões

Vandalizada rede de distribuição de energia

Perto de dois mil metros de cabos que transportam corrente eléctrica, a partir do aproveitamento hidroeléctrico do Chihumbue para a cidade do Luena, foram vandalizados por elementos não identificados, informou ontem o chefe de Departamento Nacional de Exploração de Redes de Transporte de Electricidade.

06/09/2018  Última atualização 11H26
Edições Novembro © Fotografia por: Apreendidos muitos metros de cabos eléctricos

Valdemar Eduardo, que falou no termo da visita que o governador Gonçalves Muandumba efectuou às obras da subestação de energia eléctrica, no município de Camanongue, condenou a vandalização dos cabos e adiantou que o acto causou prejuízos avultados, que podem comprometer todo o esforço feito pelo Executivo no que tange ao fornecimento de corrente eléctrica à população.   
O governador garantiu que os trabalhos da subestação de Camanongue estão quase terminados, com a montagem de equipamentos electromecânicos e redes de média tensão, com capacidade de cinco megawatts.
Gonçalves Muandumba mostrou-se satisfeito com o trabalho de ligação que está a ser feito na subestação de Camanongue e com a notícia da subida do caudal do rio Chihumbue, o que vai permitir melhorar o fornecimento de energia na cidade do Luena e acabar com as restrições verificadas actualmente.
O governador do Moxico,  que encabeçou uma delegação que integrou os directores regionais da ENDE, Prodel e RNT, sublinhou que a conclusão dos trabalhos vai fazer com que haja mais iluminação pública e ligações domiciliárias.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões