Política

UNITA reitera intenção de fazer reformas na governação

O cabeça- de-lista da UNITA às Eleições Gerais em Angola reiterou, esta quarta-feira (10), na vila do Cuango, a introdução, caso vença as eleições, de “mudanças profundas” na governação do país.

11/08/2022  Última atualização 06H10
Adalberto Costa Júnior vai presidir a um acto de massas na cidade do Dundo amanhã © Fotografia por: Edições Novembro
Ao intervir num acto político de massas, Adalberto Costa Júnior disse que vai evitar aquilo a que chamou de "interferências do partido nas decisões dos assuntos do Estado”.  Uma das promessas, acrescentou, tem a ver com a revisão da actual Constituição, com a introdução de novos elementos que permitam a eleição directa do Presidente da República.

 A UNITA, de acordo com o seu líder, tem no programa e manifesto eleitoral um "acordo muito forte, com a mudança dos padrões de governação”. Referiu que em termos de inovações, um dos primeiros passos vai ser a institucionalização e realização das eleições autárquicas.

 Adalberto Costa Júnior declarou que a UNITA estabeleceu um pacto de estabilidade, voltado à promoção do diálogo com a sociedade civil e todas as forças vivas angolanas.

 A UNITA, conforme declarou, quer uma governação democrática, apostada no cumprimento das leis, assegurando a independência do poder judicial "sem qualquer vantagem para o partido”.

 Na área da Educação e Ensino, o presidente da UNITA prometeu a criação de universidades e institutos médios politécnicos, adaptados à realidade de cada região.  

 Para a UNITA, a exploração industrial dos diamantes deve ser feita com "acções concretas”, que evitem colocar em risco a vida das pessoas e preservar a fauna e a flora.

 No outro passo da sua intervenção, prometeu implementar reformas nas Forças Armadas Angolanas (FAA), incluindo todos os serviços de Defesa e Segurança.

 A intenção, disse, é de garantir a melhoria das condições sociais, com um estatuto remuneratório igual para todos os órgãos, com vista a proporcionar dignidade aos efectivos. 

Hoje, o cabeça-de-lista da UNITA às próximas Eleições Gerais preside a um acto de massas na cidade do Dundo, partindo, amanhã, para a província da Lunda-Sul, ao encontro do eleitorado local.

 

Secretário municipal de Cacuaco confiante

O secretário municipal da UNITA em Cacuaco, Tavares Mbule, mostrou-se, ontem, confiante na vitória do seu partido nas Eleições Gerais de 24 de Agosto. Em declarações à imprensa, após a jornada de sensibilização, no mercado do Kikolo, justificou o resultado como fruto de um trabalho árduo que o partido tem estado a fazer permanentemente. 

 "O trabalho não começou agora, só estamos a reafinar as máquinas para o sucesso e vitória do partido”, afirmou que a recepção do eleitorado, no mercado do Kikolo, foi calorosa e durante todo o período de campanha "iremos desenvolver acções múltiplas a nível dos municípios de Luanda. 

 Tavares Mbule acrescentou que são acções voltadas para a sensibilização, a fim de informar ao eleitorado como devem preencher o boletim de voto, dobrar e o número do partido que devem votar. 

Durante a jornada de sensibilização, os militantes distribuíram panfletos com as cores do partido e o rosto estampado do cabeça de lista, Adalberto Costa Júnior. No período da tarde, actividade do mesmo carácter aconteceu no mercado do Asa Branca, no município do Cazenga.

Armando Sapalo | Cuango  Arcângela Rodrigues | Luanda

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política