Política

UNITA quer quadros com competências

A UNITA quer quadros competentes e responsáveis que possam servir a população com zelo e profissionalismo na altura da realização das eleições autárquicas, previstas para 2020.

11/03/2019  Última atualização 07H22
Jaimagens | Edições Novembro

A pretensão foi manifestada ontem, em Moçâmedes, pelo secretário provincial da UNITA no Namibe, Domingos Graça Mise, quando falava numa conferência de imprensa sobre “A vida, obra e feitos de Jonas Malheiro Savimbi”.
O político considerou o processo de implementação das autarquias de muito sério e que requer a colaboração e participação de militantes competentes, sérios e comprometidos com o partido. A visão dos militantes, disse, deve estar centrada na solução dos problemas que ainda afligem as comunidades.
Domingos Mise lembrou que a UNITA está a levar a cabo um vasto leque de actividades desde Fevereiro que visam abordar a realidade da figura de Jonas Malheiro Savimbi. Nas eleições gerais de 2017, a UNITA não conseguiu eleger nenhum deputado para o círculo provincial do Namibe.
Com um total de 115.239 eleitores participantes, a UNITA teve apenas 6.421 votos, correspondentes a 5,78 por cento do total dos votos. O círculo provincial do Namibe é composto por quatro deputados do MPLA e um da CASA-CE. O partido maioritário conseguiu 84.112 votos, correspondentes a 75,65 por cento dos votos, enquanto a coligação então liderada por Abel Chivukuvuku teve 18.022 votos, correspondentes a 16,21 por cento dos votos.
Seguiram-se depois o PRS, a FNLA e a APN com 1,08%, 0,72% e 0,57%, respectivamente.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política