Política

UNITA quer acesso fácil às zonas rurais

Víctor Pedro|Sumbe

A UNITA manifestou, terça-feira (7), o desejo de ver criados mecanismos de facilitação no acesso aos Balcões Únicos de Atendimento ao Público (BUAP) nas zonas rurais da província do Cuanza-Sul.

08/12/2021  Última atualização 08H59
© Fotografia por: DR
No seu apelo às autoridades governamentais locais, o secretário provincial da UNITA no Cuanza-Sul, Armando Manuel Kaquepa, disse que isso seria vantajoso para a implementação do registo oficioso, tendo em vista as eleições gerais do próximo ano.

À saída do encontro de balanço do XIII Congresso do partido do "galo negro”, o dirigente político mostrou-se apreensivo caso se retarde a criação de condições de acessibilidade, pois aquelas pessoas com dificuldades de locomoção e de baixa renda, por viverem distantes das zonas urbanas, encontram mais obstáculos para chegarem aos BUAP.

Citou o caso dos cidadãos da comuna da Botera, cujo troço rodoviário que liga à sede do município do Seles está intransitável, impedindo a comunicação e circulação de pessoas e bens, devido ao desabamento da ponte sobre o rio Cihongo.

Por isso, Armando Manuel Kaquepa pediu a divulgação de informações sobre o projecto Kwenda e os beneficiários na província, antes de destacar a realização do concurso público de ingresso de novos professores no sector da Educação, sugerindo o aumento do número de vagas no município do Seles.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política