Política

UNITA preocupada com aumento de crimes

João Constantino | Cuito

Jornalista

O Grupo Parlamentar da UNITA apelou, segunda-feira, em Luanda, as estruturas castrenses a melhorarem as condições de trabalho dos efectivos da Polícia Nacional, na sequência do aumento do índice de criminalidade no país.

16/06/2021  Última atualização 10H02
© Fotografia por: DR
Em nota de imprensa, os parlamentares da UNITA dizem acompanhar com "bastante preocupação" as ocorrências sobre o elevado índice de criminalidade no país, com destaque para a capital, Luanda, com vítimas mortais, alguns deles efectivos da Polícia Nacional no cumprimento das missões.

A UNITA lamenta e condena o sucedido e junta-se a dor das famílias enlutadas, às quais aproveita a ocasião para apresentar sentimentos de pesar.
Aos cidadãos, o partido do "galo negro” apela ao respeito e protecção do bem vida, bem como da dignidade da pessoa humana.


Situação sanitária

O Secretariado Executivo do Comité Permanente da UNITA recomendou, ontem, às autoridades sanitárias a ouvirem os conselhos dos profissionais de saúde representados em organizações como o Sindicato dos Médicos e a Ordem dos Enfermeiros sobre os principais estrangulamentos do sistema e as vias de solução dos problemas existentes.Num comunicado sobre a situação sanitária em An-gola, o Secretariado Executivo do Comité Permanente exige ao Titular do Poder Executivo a reforçar as condições de trabalho nos hospitais, incluindo o reforço de verbas aos serviços de saúde, para que possam enfrentar com mais eficácia a situação actual.

Fiscalização do PIIM

No Bié, a UNITA disse que quer fiscalizar a qualidade das obras inseridas no Plano Integrado de Intervenção nos Município (PIIM).

De acordo com o secretário provincial, Jeremias Kaunda, que visitou os órgãos de co-municação social locais, o processo vai começar no mu-nicípio do Cuemba.

Jeremias Kaunda tomou posse como secretário provincial da UNITA no Bié no dia 20 de Maio, em substituição de Adérito Kandambo, falecido dias antes. Informou que a visita aos órgãos de comunicação social serviu para constatar o seu funcionamento e as condições de trabalho.Professor de História e natural da comuna do Cunhinga, Bié, o novo secretário provincial da UNITA já exerceu as mesmas funções na província de Benguela.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política