Mundo

União Europeia e China acertam cooperação

O Chefe de Estado chinês, Xi Jinping, e o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, vão ter uma conversa por telefone, amanhã, segundo o jornal de Hong Kong South China Morning Post.

14/10/2021  Última atualização 06H40
Charles Michel e Xi Jinping tentam reaproximação © Fotografia por: DR
A teleconferência, que decorre por volta das 10h30 no horário de Bruxelas (9h30 em Angola), será a primeira ocasião em que os dois líderes falam directamente, desde o final do ano passado.
Xi falou em várias ocasiões com líderes de países europeus, como a chanceler cessante da Alemanha, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron.

Fontes citadas pelo South China Morning Post asseguram que a China estava relutante em retomar as negociações oficiais, após a deterioração nas relações entre Pequim e a União Europeia, mas que um "esforço colectivo” foi realizado em Bruxelas para consertar os laços.

Em Março, a UE impôs as primeiras sanções ao país asiático - especificamente a quatro altos funcionários e uma entidade - desde o massacre da Praça de Tiananmen, em 1989, como resultado das supostas violações dos direitos humanos contra as minorias de origem muçulmana na região de Xinjiang, no Noroeste da China.

A medida assinada, na altura, pelos ministros das Relações Exteriores dos 27 Estados-membros da UE, bem como a sanção semelhante imposta pelo Ministério das Relações Exteriores britânico,  visava lançar luz às supostas detenções em massa de uigures no Noroeste da China.

Um dos alvos das sanções é Chen Mingguo, director do Departamento de Segurança Pública de Xinjiang, apontado por Bruxelas como responsável por supostas violações graves dos direitos humanos.

A União Europeia acusou Chen de "detenções arbitrárias e tratamento degradante infligido a uigures e pessoas de outras minorias étnicas muçulmanas, bem como de violações sistemáticas da sua liberdade de religião e crença”.

 


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo