Sociedade

Uma partida inaceitável

André da Costa

Jornalista

É revoltante ter de dizer-te adeus tão cedo, José Cola.

18/09/2021  Última atualização 06H10
José Cola. © Fotografia por: DR
É revoltante ter de dizer-te adeus, quando sabemos que a medicina evoluiu muito e, por isso mesmo, permitiu retirar casos como o teu da lista das chamadas situações irremediáveis, das que engrossam a estatística da morte certa.
Por saber disso, muitos de nós, que ficamos, tínhamos a grande esperança de que continuaríamos a ter a tua companhia, a esbanjar aquela alegria contagiante.

Inexplicável a tua morte!
É revoltante ter de dizer-te adeus prematuramente, José Cola.
É revoltante ter de dizer-te adeus, quando ainda tínhamos muita vida para viver, muitos projectos na cabeça, muita coisa para fazer, e sabíamos que o acidente não iria ser impedimento, pois ias ficar curado, ias estar bom e íamos pôr em marcha as ideias.
É doloroso ter de aceitar a tua morte.

Nem sequer imaginas como estamos destroçados.
É revoltante ter de dizer-te adeus tão cedo, José Cola, porque…
É inaceitável a tua partida prematura.
Descansa em paz. Que Deus te tenha.
Filomeno Manaças

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade