Economia

Uíge: Sanza Pombo beneficia ex-militares associados

Duzentos camponeses ex-militares associados do Sanza Pombo, província do Uíge, receberam kits de produção agrícola com vários equipamentos e meios de trabalho, no âmbito da abertura do Ano Agrícola 2020-2021.

12/10/2020  Última atualização 18H46
Edmundo Eucilio | Ediçoes Novembro © Fotografia por: Agricultura ganha apoios

Segundo a Angop, durante o acto simbólico, foram entregues 100 enxadas, 100 pás, duas moto-cultivadoras, duas moto-cisternas de água, 25 toneladas de sementes de arroz, 20 de milho branco e 20 de milho amarelo. Beneficiaram ainda de 67 hectares de terra mecanizada, destinados ao cultivo de arroz, milho, mandioca e produtos hortofrutícolas.

Durante a cerimónia, o director da Agricultura e Pescas do Uíge, Eduardo Gomes, referiu que o gesto é uma acção do Governo para apoiar os camponeses com a preparação das terras, oferta de sementes e outros bens.

Pretende-se contribuir no aumento do rendimento económico das famílias rurais, com a envolvência de 51 cooperativas, 868 associações e 228 mil explorações de terra familiar.

Produção de aves

No mesmo quadro, um total de 1.400 pintos para o fomento da produção de aves de corte e poedeiras foram entregues a 27 famílias rurais dos municípios de Negage, Puri e Sanza Pombo, no âmbito das acções do Executivo para o combate à fome e à pobreza e garantir a segurança alimentar e nutricional nas comunidades.

Dos pintos entregues aos diferentes municípios da província do Uíge, 420 foram para o Negage, igual número para o Puri e outros 560 para Sanza Pombo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia