Mundo

Turista quis ver Papa mas acabou detido

As autoridades italianas detiveram, na quarta-feira, um turista americano que destruiu duas esculturas num dos museus do Vaticano, em Roma, Itália, informou, esta terça-feira, o “Notícias ao Minuto”, citando a publicação italiana “Il Messaggero”.

07/10/2022  Última atualização 06H10
© Fotografia por: DR

De acordo com a publicação, tudo aconteceu porque o homem, de 65 anos, queria ver o Papa Francisco - pedido que lhe foi negado. O homem terá derrubado, como reacção, um busto romano, em exposição no museu Chiaramonti, um dos museus do Vaticano.

O local tem mais de mil esculturas antigas e é considerado um dos museus com "uma das melhores colecções de retratos romanos”, de acordo com as publicações italianas.

O porta-voz do Vaticano referiu que a restauração das peças partidas irá custar cerca de 15 mil euros e deverá demorar cerca de 300 horas.

Ao ver o seu pedido negado, o homem mostrou alguma resistência e afastou-se dos responsáveis do museu, e foi durante a perseguição que derrubou a segunda peça.

O sexagenário enfrenta agora acusações de danos agravados.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo