Cultura

Tonicha Miranda actua no anfiteatro Wyza

A cantora Tonicha Miranda apresenta, hoje, às 18h30, no anfiteatro Wiza, na Ilha do Cabo, um concerto de semba e massemba, numa iniciativa da Fundação Arte Cultura, em comemoração ao 11 de Novembro e ao centenário de nascimento de Agostinho Neto.

25/11/2022  Última atualização 08H50
Cantora vai interpretar os seus melhores sucessos de carreira © Fotografia por: Edições de Novembro

Como convidado Tonicha Miranda terá Raul Tollingas tocador de concertina, no concerto onde a Rebita, a comida típica e manifestações culturais da Ilha de Luanda, também, terão o seu espaço. 

A Banda Movimento, que vai garantir o suporte instrumental, é formada, actualmente por Mister Kim, Massoxi Miguel Correia (percussão), Chico Madne (teclado), Nininho (teclado), Teddy Nsingui (viola solo), Romão Teixeira (bateria), Mias Galheta (baixo), Kintino (guitarra ritmo), Beth e Gigi (coros).

A Fundação Arte e Cultura volta a levar para o seu palco, uma referência da cultura axiluanda, depois de ter homenageado o grupo de Rebita Novatos da Ilha.

Tonicha Miranda tem vindo a se destacar nos últimos anos na feitura de composições para o grupo carnavalesco União Mundo da Ilha, tendo sido sempre bem-sucedida. Filha do primeiro presidente deste grupo, António Miranda e de Mariana Pataca, lavadeira e dançarina dos Novatos da Ilha, Tonicha Miranda desde muito cedo entrou nos ambientes artísticos.

Compositora e intérprete desde 1989 no grupo Os Congas, afecto a ex-EPAN onde permaneceu até 1994. Em 1992, participou nos coros de temas de percussionistas e compositores, experiências que deram visibilidade à artista, que procurava o seu espaço no cenário luandense. Foi bem-sucedida em concursos como Nação Coragem, Prémio da Canção Cidade de Luanda, Gala à Sexta-Feira e Festival da Canção da LAC.

A cantora tem no mercado a obra discográfica "No Feminino” e participou no álbum "Geração do Semba”, projecto colaborativo com Calabeto e Malu. A cantora Ângela Ferrão recorreu a Tonicha Miranda em "Ngongo Ia Bilula”, Zeca Moreno em "Amigo é Abrigo”, Kueno Aionda em "Kondiongo”, Carlos Burity em "Keniahenda” e Sara Dem em "Amori Iami”. DJ Znébia e Célsio Mambo outros músicos que também recorreram aos préstimos da cantora.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura