Sociedade

Toneladas de medicamentos doados ao Américo Boavida

Alberto Quiluta

Jornalista

Cerca de uma tonelada de medicamentos diversos foi entregue, ontem, em Luanda, ao Hospital Américo Boavida (HAB), pela Cruz Vermelha de Angola (CVA).

28/05/2021  Última atualização 10H17
© Fotografia por: Alberto Pedro | Edições Novembro
O director da CVA, Alfredo Elavoco, disse que a acção se enquadra num projecto de âmbito nacional, que visa auxiliar as unidades sanitárias do Estado, como forma de mitigação à carência de fármacos.
Entre os medicamentos entregues ao Hospital Américo Boavida constam Erythromyein, Furosemide, Vitamina complexo BSI, Ampicillina, Metocloprimide, antibióticos, anestésicos e também antipalúdicos.


Alfredo Elavoco disse esperar que os lotes de medicamentos sirvam para suprir as necessidades de assistência medicamentosa às populações que acorrem à maior unidade sanitária da capital. Garantiu que nos próximos dias será a vez do Hospital do Prenda, também em Luanda. 


Em gesto de agradecimento, o director-geral do Hospital Américo Boavida, Mário Fernandes, enalteceu o gesto da Cruz vermelha, numa altura em que o país se debate para travar o avanço  da pandemia da Covid-19, ao mesmo tempo que se regista o pico sazonal da malária.
"Todas as ajudas nesta altura são bem-vindas e a CVA tem sido um parceiro do HAB. Agradecemos e estamos  cientes de que irá ajudar a diminuir a forte pressão assistencial que temos assistido na unidade sanitária”, precisou.
Mário Fernandes garantiu haver medicamentos na farmácia do Hospital Américo Boavida, pese embora  pressionados pelo elevado número de pacientes internados.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade