Sociedade

Televisão Pública está a caminho da digitalização

Mazarino da Cunha

Jornalista

A Televisão Pública de Angola (TPA) vai ter, em breve, todos os programas digitalizados, informou, ontem, em Luanda, o ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social (MTTICS), Manuel Homem. Em declarações à imprensa, após a inauguração das novas instalações da TPA de Luanda, no bairro da Precol, distrito urbano do Rangel, Manuel Homem disse que a TPA está numa fase de modernização e que em breve tudo será digitalizado.

19/10/2021  Última atualização 05H40
Televisão Pública-Luanda novas instalações com meios modernos para o seu funcionamento © Fotografia por: Rafael Tati | Edições Novembro
O ministro das TTICS referiu que já são visíveis as mudanças na qualidade dos conteúdos e, também, da própria estrutura tecnológica. 


Em relação às novas instalações da TPA de Luanda, Manuel Homem esclareceu que não se trata de um canal independente, mas de apoio para a administração da gestão dos serviços da televisão em Luanda. "Os programas produzidos são encaminhados para a nacional", sublinhou. 


O ministro felicitou o Conselho de Administração da Televisão Pública de Angola, pelo trabalho incansável que tem feito para a resolução dos problemas quer do funcionamento quer na melhoria das condições de trabalhos dos profissionais.  
A TPA de Luanda funcionou durante cinco anos na Comissão Administrativa da Cidade de Luanda. Participaram no acto de inauguração o secretário de Estado para a Comunicação Social, Nuno Caldas e o vice-governador de Luanda para o sector Económico, Lino Sebastião.


MPLA felicita

 O Secretariado do Bureau Político do Comité Central do MPLA felicitou, ontem, a Televisão Pública de An-gola pela passagem do 46º aniversário.

Em nota chegada à redacção do Jornal de Angola, o Secretariado do Bureau Político do Comité Central do MPLA sublinha que "enaltece a dedicação, empenho e sentido patriótico dos diferentes operadores da primeira estação televisiva angolana e o sentido de pautarem o exercício profissional diário na transmissão de uma informação cada vez mais plural, isenta, inclusiva, como reforço da consolidação das conquistas alcançadas em termos das liberdades de imprensa e de expressão, factores fundamentais de uma sociedade democrática".

"Num contexto de adversidades impostas pela pandemia da Covid-19, o Secretariado do Bureau Político do MPLA saúda de forma especial os profissionais colocados na linha da frente para a cobertura e divulgação das incidências da pandemia, com o sentido orientador e de reforço da mensagem sobre as medidas de biossegurança decretadas pelas autoridades, no intuito de mitigar os efeitos nefastos da pandemia da Covid-19", acrescenta o documento.


Ministério da defesa

O Ministério da Defesa, numa mensagem, também enviada ao Jornal de Angola, destaca que " a comemoração dessa efeméride acontece num momento em que registamos com agrado acções que visam a migração do sistema de televisão analógico para o digital, num processo ambicioso de modernização do Sector das telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social do Executivo, que vai permitir melhorar a qualidade do sinal consumido pelos telespectadores nacionais e não só, nos próximos acontecimentos a ocorrerem no pais, entre as quais as próximas eleições de 2022”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade