Economia

Taxa de inflação a um dígito é possível

O economista e docente Jorge Leão Peres disse, recentemente, que a meta de se atingir uma taxa de inflação de um dígito é possível.

17/01/2022  Última atualização 09H07
Economista Jorge Leão Peres está convicto com as metas © Fotografia por: DR
Para o académico, bastará um alinhamento rigoroso entre a política monetária e a fiscal, o que fica mais favorecido com a autonomia do poder executivo cedida ao Banco Nacional de Angola. Leão Peres disse, com isso, estarem criadas as premissas para o controlo da inflação.
Em relação à convergência macroeconómica aprovada pela Região Austral toda, e de que Angola é parte e signatária, o processo é mais complexo. O acordo prevê a inflação entre 4 e 6,0 por cento e isso exige de Angola crescimento económico consecutivo e sustentabilidade da economia.
Para Jorge Leão Peres, o controlo da inflação não constitui em si mesmo um fim, mas um meio para impulsionar o crescimento económico.
O último relatório do Instituto Nacional de Estatística (INE) mostrou uma taxa de inflação, no fecho de 2021, a volta de 27 por cento. O Governo aponta este ano 18 por cento. Ou seja se em cada 100 kwanzas que precisaram gastar, em 2021, os cidadãos tiveram de aumentar mais 27 kwanzas, para 2022, o Governo quer que em 100 seja aumentado apenas 18, recuperando-se assim nove kwanzas, o que tem forte impacto no poder de compra das famílias.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia