Mundo

Talibãs capturam dinheiro e ouro do ex-Vice-Presidente

Os talibãs anunciaram, ontem, que capturaram cerca de 5,5 milhões de euros e várias barras de ouro na residência do ex-Vice-Presidente afegão Amrullah Saleh, na província de Panjshir, Norte do Afeganistão, capturada pelos islamitas há quase uma semana.

14/09/2021  Última atualização 10H11
Fontes locais dizem que Amarullah Saleh está no Tajiquistão © Fotografia por: DR
As tropas dos talibãs "encontraram domingo grande quantidade de dinheiro e barras de ouro quando vasculharam a residência de Amrullah Saleh, na província de Panjshir”, disse Mashal Afghan, membro da Comissão de Cultura dos talibãs, à agência de notícias EFE.
O dinheiro e o ouro foram entregues ao comandante dos talibãs Mansour Agha, que lidera as tropas na área de Panjshir, onde Saleh tem a sua casa, disse Mashal Afghan.
Num curto vídeo divulgado pelos talibãs, os combatentes podem ser vistos numa sala a contar dinheiro de várias malas cheias de notas e moedas de ouro.
A corrupção de funcionários e o uso indevido de bens do Estado foi uma das principais críticas feitas ao Governo deposto do Afeganistão pela comunidade internacional e pelos afegãos.
Saleh foi Vice-Presidente de Ghani no último ano e meio e, antes disso, chefiou a principal agência de informação afegã, a Direcção de Segurança Nacional (NDS).
Saleh rapidamente se juntou à Frente de Resistência Nacional contra os talibãs sob a liderança de Ahmad Massoud, filho do lendário comandante afegão Ahmad Shah Massoud.
Com a queda de Panjshir, a maioria das forças de resistência retirou-se para as montanhas e, desde então, não há informações precisas sobre o paradeiro de Saleh e Massoud, que podem continuar na região ou ter fugido para o vizinho Tajiquistão.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo