Economia

TAAG retoma transportação

A TAAG - Linhas Aéreas de Angola retoma, hoje, as operações na rota Luanda-Uí-ge-Luanda, 20 anos depois de ter desactivado a conexão aérea entre a capital do país e a cidade sede do “bago vermelho”.

02/05/2022  Última atualização 08H55
Província do Uíge passa a ser a décima quarta rota doméstica da companhia de bandeira angolana © Fotografia por: DR

A ligação entre as duas províncias será assegurada pela aeronave do tipo Dash8-400, com capacidade para 65 passageiros, e deve partir de Luanda às 7h00, para aterrar no Aeroporto Manuel Quarta Mpunza 45 minutos depois da descolagem.

Para manter a operacionalização dos serviços nesse trajecto, a companhia de bandeira angolana vai operar com duas frequências semanais (segunda e sexta-feira), entre as sete horas (partida) e 9h15 (retorno para Luanda. Os bilhetes estão em fase promocional e custam 9.500 kwanzas, cada ligação.

Com esse avanço, a província do Uíge passa a ser a décima quarta rota doméstica da TAAG e junta-se, assim, às províncias do Huambo, Huíla, Cabinda, Benguela, Bié, Lunda-Sul e Lunda-Norte, Moxico, Cuando Cubango, Cunene, Namibe, Zaire.

Em Setembro de 2019, a TAAG entrou num processo de privatização, por força de um Decreto Presidencial que anui a transformação da companhia de bandeira angolana de Empresa Pública (E.P.) em Sociedade Anónima (SA).

Retoma testa aeroporto

Apesar de existir desde 1951, o Aeroporto do Uíge foi reinaugurado em 2014 e baptizado com o nome de Manuel Quarta Mpunza, em homenagem ao enfermeiro, ex-guerrilheiro, político e diplomata angolano, que ocupou altos postos públicos.

Localizado no Centro da cidade do Uíge, capital da província, a referida unidade aeroportuária possuí uma pista de dois mil metros de comprimento e 17 metros de largura, com uma faixa de 65 metros e uma unidade de 213 pés.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia