Mundo

Sudão do Sul: Novos parlamentares querem manter a paz

Os 588 deputados que compõem o Parlamento do Sudão do Sul, em representação de diferentes partidos, tomaram, ontem, posse com o declarado objectivo de salvaguardarem o recente acordo de paz.

04/08/2021  Última atualização 05H45
Parlamento do Sudão do Sul conta com 588 deputados © Fotografia por: DR
A cerimónia, que segundo a agência France Press (AFP) foi dirigida pelo presidente do Supremo Tribunal de Juba, surge um ano depois da data inicialmente prevista, e ficou marcada pela ausência de 62 parlamentares devido a algumas disputas com o Governo sobre o acordo de divisão do poder.

A assinalar a fragilidade da situação no país, está o facto do Presidente Salva Kiir não comparecer ao evento. O cessar-fogo que está em vigor, foi apenas o mais recente assinado entre Kiir e o seu vice, Riek Machar, cuja rivalidade desencadeou o conflito que deixou o mais novo país do mundo etnicamente dividido e desesperadamente pobre.

A trégua ainda se mantém, mas está constantemente a ser testada, à medida que os políticos discutem sobre o poder e as promessas de paz não são cumpridas. Na semana passada, uma coligação de grupos da sociedade civil lançou uma campanha pública para exigir mudanças políticas.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo