Economia

Sonangol declina teor de contas publicadas na Internet

A Sonangol declarou, em comunicado enviado nesta quinta-feira às redacções, não reconhecer o conteúdo de um relatório e contas referente a 2021 disseminado nas redes sociais, em coincidência com a conclusão do fecho das contas relativas àquele período a 15 de Junho último, ao que se seguiu a aprovação pelo Conselho de Administração.

23/06/2022  Última atualização 23H44
© Fotografia por: DR

O documento afirma que, apesar de estes procedimentos terem sido observados, as contas não foram oficialmente publicadas, até à data, "por estarem em falta elementos obrigatórios de fórum estatutário”.

A publicação do relatório e contas de 2021, acrescenta o documento, está prevista para depois de a situação dos elementos em falta tiver sido ultrapassada, devendo ocorrer em simultâneo com o relatório de auditoria independente, bem como o parecer do Conselho Fiscal, nas plataformas de comunicação da companhia.

Uma fonte da Sonangol depois contactada pela nossa reportagem revelou que a questão que se coloca à publicação das contas é o decurso da elaboração do parecer do Conselho Fiscal, manifestando dúvidas quanto à autenticidade do conteúdo disseminado: "a Sonangol não assume esse documento”, disse.

No fim de Fevereiro, no 46⁰ aniversário da Sonangol, o presidente do Conselho de Administração da companhia, Sebastião Gaspar Martins, anunciou dados preliminares a apontarem para a expectativa de resultados positivos em 2021.

Naquele ano, disse o líder da Sonangol, os proveitos operacionais ascenderam a 8.465 milhões de dólares, apesar de um aumento dos custos operacionais que, de quatro mil milhões de dólares, elevaram-se a 5,1 mil milhões, com um resultado operacional de 3.357 milhões de dólares.

Esse desempenho, anunciou, confere à companhia o conforto necessário para, no ano em curso, regressar aos mercados para a captação de fundos para o investimento.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia