Sociedade

Soltos supostos autores do desvio de milho da Reserva Alimentar

Os cinco presumíveis autores implicados no desvio de 30 toneladas de milho da Reserva Estratégica Alimentar foram soltos na sexta-feira, por ordem da Procuradoria-Geral da República (PGR) mediante caução.

18/01/2022  Última atualização 14H45
© Fotografia por: DR

De acordo com o advogado do processo, Salomão Carlos, o Ministério Público, junto do Serviço de Investigação Criminal (SIC), em função das provas dos autos, entendeu restituir a liberdade dos cidadãos.

"O processo deve seguir os seus termos, com base nas investigações para que haja efectivamente a conexão objectiva dos factos apregoados pelo SIC em relação aos verdadeiros agentes que, provavelmente, terão feito o suposto desvio do milho”, disse o advogado, citado pela Rádio Nacional de Angola.

O advogado recorreu ainda à máxima, segundo a qual "é preciso investigar para prender e não prender para investigar”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade