Mundo

Sobem para cinco os casos de Ébola na RDC

Com a confirmação hoje de três novos casos de Ébola, já são cinco as pessoas detectados com o novo surto que surgiu na República Democrática do Congo (RDC), três das quais morreram, confirmaram hoje as autoridades congolesas.

17/10/2021  Última atualização 21H52
© Fotografia por: DR

"Confirmamos a existência destes três casos na zona de Beni, elevando o número de casos registados para cinco”, revelou o coordenador nacional de resposta à epidemia, Steve Ahuka.

Entre os três novos casos de Ébola detectados estão uma mulher de 32 anos - que começou a apresentar sintomas em 15 de Outubro - e um homem de 41 anos, que serviu de contacto para o terceiro caso confirmado hoje – uma menina de 3 anos que começou a sentir febre em 12 de Outubro e morreu na madrugada de sábado.

O homem e a mulher permanecem internados no centro de tratamento de Ébola na área de Butsili, em Beni, na província de Kivu do Norte, onde foi confirmado, em 08 de Outubro, um novo caso que marcou o surgimento da doença, depois de a mais recente epidemia ter sido declarada controlada, em Maio passado.

O ministro da Saúde congolês, Jean-Jacques Mbungani, confirmou que o primeiro caso deste novo surto envolveu "um menino de 3 anos, hospitalizado e que faleceu em 6 de Outubro".

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), pelo menos três familiares do menor, que também residia em Butsili, morreram durante o mês de Setembro com sintomas típicos do Ébola.

A RDC lançou a campanha de imunização na passada quarta-feira e 14 pessoas foram vacinadas logo no primeiro dia, enquanto, até aquela data, já tinham sido identificados pelo menos 220 contactos cujo estado de saúde está a ser monitorizado.

A epidemia que atingiu as províncias orientais de Kivu do Norte, Kivu do Sul e Ituri, entre 2018 e 2020, foi a décima e a pior da história do país, causando 2.299 mortes, segundo os mais recentes dados da agência sanitária da ONU.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Mundo