Economia

Siderúrgica do Cuchi inicia exportação de ferro na próxima semana

A Companhia Siderúrgica do Cuchi vai exportar, na próxima semana, a partir do Porto de Sacomar do Namibe, 61,5 mil toneladas de ferro, prevendo-se com a operação uma receita de seis milhões de dólares, de acordo com o presidente do Conselho de Administração.

04/08/2021  Última atualização 04H55
© Fotografia por: DR
Rui Silva explicou que para tornar possível este primeiro carregamento extraído da mina de Cutato, na província do Cuando Cubango, a Companhia Siderúrgica do Cuchi investiu no terminal de Sacomar para viabilizar a atracagem e partida do navio. O investimento iniciado em 2015 conta, actualmente, com uma força de trabalho de 163 colaboradores directos e indirectos, dos quais cinco expatriados.

Estima-se que com a conclusão da fábrica e aumento da exploração do minério de ferro, deverá ocorrer um aumento de 1.400 trabalhadores directos, promovendo a integração da população da região e os antigos combatentes.

Segundo disse o PCA, Rui Silva, a fábrica encontra-se a 95 por cento para conclusão, prevendo-se, depois disso, um processo de transformação do minério de ferro em ferro gusa, principal matéria-prima para produção de aço e ferro fundido. Tal operação, ocorrerá por meio de um Alto Forno, adição de outros componentes como carvão vegetal, sílica e calcário.

A CSC é uma empresa de direito angolano, criada ao abrigo do Decreto Presidencial nº 18/15, de 20 de Abril, cuja estrutura accionista conta com a participação da Concessionária nacional para o sector, uma empresa local e um parceiro brasileiro, tornando-se na primeira fábrica de fundição em Angola. As pesquisas e prospecções que determinaram a extensão e valorização do minério, permite-nos estimar um depósito economicamente extraível de cerca de  109 milhões de toneladas, o que resulta de uma expectativa entre 35 e 50 anos de exploração, conforme o ritmo da operação.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia