Sociedade

Sic no Bengo aperta o cerco aos grupos de delinquentes

André da Costa

Jornalista

A Polícia Nacional e o Serviço de Investigação Criminal no Bengo detiveram há dias 56 cidadãos, por supostamente estarem implicados nos crimes de roubos e furtos, ofensas corporais, vandalismo e contrabando de combustível, informou o director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da Delegação do Ministério do Interior.

30/07/2020  Última atualização 12H55
DR


O inspector-chefe Gaspar Luís informou que a maior parte dos crimes foi cometido com recurso a objectos contundentes, tendo os acusados sido detidos durante a realização de uma micro-operação, em bairros da cidade de Caxito e na região do Panguila.
As forças policiais desmantelaram ainda oito grupos de supostos marginais, compostos por dezenas de elementos, que se dedicavam à prática de crimes diversos e criavam sentimento de insegurança em vários bairros da província do Bengo, segundo Gaspar Luís.

Durante a micro-operação, a corporação recuperou sete televisores do tipo Plasma, três aparelhos de som, três botijas de gás butano de 12 kg, bem como apreendeu 500 kg de liamba, 490 litros de gasóleo e três armas de fogo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade