Sociedade

SIC esclarece homicídio ocorrido no ano passado

Roque Silva

Jornalista

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) deteve, recentemente, em Luanda, um casal suspeito de envolvimento na morte, por agressão com arma branca, da cidadã Conceição Cambundo Figueiredo, de 37 anos, ocorrida, no ano passado, no município de Icolo e Bengo, supostamente por questões passionais.

26/06/2022  Última atualização 10H36
Urbanização no Zango 5 foi o local onde ocorreu o crime © Fotografia por: DR

A esposa, de 38 anos, é acusada do crime de homicídio qualificado, por ser autora moral da morte da jovem, sua amiga, na altura dos factos, e alegada amante do esposo da acusada. O homem, de 54 anos, também está detido, por omissão do crime praticado pela mulher.

O caso ocorreu, em Novembro de 2021, na Urbanização do Zango 8000, no Distrito Urbano de Bela Vista, na sequência de uma briga entre Conceição Cambundo Figueiredo e a acusada.

O porta-voz do SIC, em Luanda, Fernando Carvalho, explicou que a acusada, identificada apenas por Magui, terá descoberto que o marido mantinha uma relação extraconjugal com a vítima, que, até, era sua amiga.

Em função da descoberta, Magui atraiu a vítima até à sua residência, na Urbanização Zango 8000, onde, após desentendimento, desferiu golpes com uma faca de cozinha à suposta rival, que viria a morrer de imediato.

Para se livrar das evidências e despistar a atenção dos investigadores, caso houvesse uma eventual acção judicial contra si, a acusada criou um álibi. Jogou fogo sobre o corpo de Conceição Cambundo Figueiredo, no sentido de fazer crer que esta terá sido vítima de queimaduras num incêndio.

O porta-voz acrescentou que a realização da autópsia permitiu concluir que a vítima sofreu agressão com objecto contundente e perfurante nas regiões do tórax e do abdómen.

Na sequência das investigações, através do Departamento de Crimes contra as Pessoas, permitiu-se deter a acusada e o esposo. Os dois estão a ser acusados de homicídio qualificado, em razão dos factos e meios usados para o cometimento do crime.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade