Regiões

Serviço de Investigação detém suposta homicida

Manuel Fontoura | Ndalatando

Jornalista

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) deteve, ontem, na comuna de Quilombo Kiaputo, no Golungo-Alto, Cuanza-Norte, uma cidadã, de 20 anos, por supostamente assassinar um indivíduo, de 29 anos, com quatro golpes de faca no abdómen e tórax, por questões passionais.

03/09/2022  Última atualização 12H05
Investigação Criminal consegue esclarecer mais um caso de homicídio © Fotografia por: José Soares | Edições Novembro

O relatório de balanço da situação de Segurança Pública da província, referente ao período de 24 a 31 do mês passado, destaca que o homicídio ocorreu no dia 27 de Agosto, pelas 21h40.

O documento destaca, ainda, a detenção de um cidadão, de 55 anos, por abusar sexualmente de uma menor de 12 anos, no quintal de uma residência na zona II, da vila municipal de Bolongongo.

Os dois cidadãos indiciados na prática dos crimes já estão a contas com a justiça e são em breve apresentados ao Ministério Público, para a tramitação legal.

No mesmo período, o SIC registou 40 crimes de natureza diversa, com mais três em relação a igual período anterior, dos quais foram esclarecidos 32, que resultaram na detenção de 35 cidadãos e dos crimes registados, há a destacar 16 ofensas contra a integridade física, um homicídio e um abuso sexual, 12 furtos, seis roubos e um dano, ocorridos nos municípios de Cazengo, Cambambe, Lucala, Ambaca e Bolongongo.

O município de Cazengo, disse, foi o mais afectado com 22 delitos, com destaque para dez ofensas à integridade física, oito furtos e quatro roubos.

Durante a operação foram, ainda, apreendidas duas armas de fogo, do tipo caçadeira, de fabrico artesanal,  recuperados vários electrodomésticos e bens materiais furtados, em residências nos municípios de Cazengo, Golungo-Alto, Bolongongo, Cambambe e Lucala.

No domínio da sinistralidade rodoviária verificou-se o registo de sete acidentes de viação, que resultaram em 12 feridos e danos materiais estimados em 2.800.000 Kwanzas, assim como foram aplicadas 302 multas, taxadas em mais de cinco milhões de Kwanzas, apreendidas 70 cartas de condução e 380 outros tipos de documentos diversos.

Os Serviços de Protecção Civil e Bombeiros verificou sete ocorrências, prestou 11 acções de socorro e 102 serviços profilácticos.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões