Política

Sentença marcada para o dia 20 de Outubro

A sentença do caso que envolve o ex-director do Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística (GEPE) da província do Bié, Juvenal Teixeira da Silva Girão, acusado do crime de abuso de poder, será conhecida no dia 20 deste mês de Outubro, informou, ontem, o juiz da causa Eduardo Catombela.

15/10/2021  Última atualização 08H05
© Fotografia por: DR
A sessão de ontem ficou marcada pela leitura dos 20 quesitos apresentados pelo Tribunal da Comarca do Cuito, 17 dos quais ficaram provados.

 Durante a fase das alegações orais e finais, ocorrida no dia 11 deste mês, o Ministério Público pediu a condenação do ex-director do GEPE. O Ministério Público afirma que Juvenal Teixeira Girão actuou de forma culposa, embora admita indução em erro por parte da declarante Bernarda Bundo.

O advogado de defesa, Edgar Sebastião, considera não haver nenhum ilícito penal cometido pelo   cliente e pediu a absolvição do seu constituinte, com base na Lei da Amnistia, bem como solicita um processo-crime autónomo  contra os declarantes Boavida Neto, José Tchatuvela, Deolinda Gonçalves, Carlos da Silva e Bernarda Bundo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política