Cultura

Selda e Carla Moreno no Duetos N’Avenida

A energia feminina vai estar em alta no dia 3 de Setembro, às 19h00, no Memorial Agostinho Neto, quando as cantoras Selda e Carla Moreno pisarem no palco para mais um Duetos N’Avenida.

18/08/2021  Última atualização 07H25
Cantoras vão levar energia feminina ao próximo concerto © Fotografia por: DR
Uma cabo-verdiana plenamente angolanizada, Carla Moreno sempre esteve "de olho” no projecto da Zona Jovem, criadora e produtora do Duetos, desejando um dia lá pisar como convidada: "Há muito aprecio esse projecto e sempre desejei participar como convidada e não na condição de corista. Será um desafio actuar fora da minha zona de conforto e pensar na performance da parceira, no meu caso da Selda, num sentimento de conjunto e de entrega. Será um grande e belo exercício!”.

Para Selda, que esteve no Duetos em Novembro de 2019 ao lado de Filipe Mukenga, falar desse projecto a deixa muito orgulhosa daquilo que viveu ao lado de FilipeMukenga. "Aprendi muito sobre a história por detrás de muitas canções e, sem sombras de dúvida, a experiência foi realmente muito especial”, disse ao recordar  o Duetos no qual participou.

Sobre a parceria com Carla Moreno, Selda demonstra muita alegria e a certeza de que "será um show maravilhoso”. "Acompanho a carreira da Carla, e a única vez que estivemos juntas em palco foi quando a convidei para um dos meus shows. Esta será então a nossa segunda vez, mas ela será minha parceira de palco. Estou muito feliz por isso”.    
                                                            
Para o director executivo da Zona Jovem, Figueira Ginga, "a  escolha da Carla Moreno está relacionada com o facto de darmos oportunidade a novos valores da nossa música, e pela sua qualidade e potencialidade vocal”. Os fãs do Duetos, acostumados com uma Casa 70 lotada, vão pela segunda vez ocupar a sala do Memorial parcialmente preenchida para cumprir as determinações sanitárias do Governo de Angola e evitar aglomerações. Para tanto, como ocorreu no show de Márcio Batalha e Ângelo Reis, serão vendidos apenas 200 ingressos.
Figueira Ginga avançou que o projecto não sofrerá interrupções e que os shows voltam a ser mensais. Entretanto não será apresentado o cartaz por temporada.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura