Coronavírus

Seis óbitos e 170 infecções

Edivaldo Cristóvão

Jornalista

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda admitiu, segunda-feira (18) , em Luanda, a redução de casos durante a semana passada, em comparação com a semana de 4 a 11 de Outubro.

19/10/2021  Última atualização 08H14
© Fotografia por: Agostinho Narciso |Edições Novembro
De acordo com Franco Mufinda, os indicadores globais observaram a redução de 35,1 por cento de novos casos positivos e 38,7 por cento dos pacientes recuperados. Os óbitos reduziram de 45 a 41, com uma percentagem de 8,8.

O secretário de Estado falava durante a actualização da situação epidemiológica do país, nas últimas 24 horas, tendo anunciado mais 170 casos positivos da Covid-19, seis óbitos e a recuperação de 403 pacientes.

De acordo com os dados, dos 170 casos positivos, registados nas últimas 24 horas, 112 são residentes em Luanda, 22 no Huambo, 16 em Benguela, seis no Zaire, cinco em Cabinda e no Cuando Cubango, dois na Huíla e em Malanje (2).
Dos pacientes infectados, referiu Franco Mufinda, 102 são do sexo masculino e 68 do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 3 meses e os 73 anos.

Em relação às seis mortes, são de cidadãos angolanos, cinco residentes em Luanda e uma na província do Huambo, sendo quatro do sexo masculino e duas do sexo feminino. Tinham entre os 33 e os 91 anos.

O governante disse que dos 403 pacientes recuperados, 251 são residentes em Luanda, 97 em Benguela, 28 no Cuando Cubango, 21 na Huíla, quatro no Namibe e duas no Cunene. Já os pacientes recuperados têm idades compreendidas entre 2 e 78 anos.

Nas últimas 24 horas, foram processadas 2.529 amostras, por exames de RT-PCR, com a taxa diária de positividade de 6,7 por cento, elevando para um total de 1.072.858 amostras realizadas desde o início da pandemia, com uma taxa de positividade de 5,1 por cento.

Com estes dados, segundo o secretário de Estado, o quadro epidemiológico da pandemia no país subiu para um acumulativo de 63.012 casos positivos, dos quais 51.029 recuperados (taxa de recuperação de 80,9%), 1.670 vítimas mortais (letalidade em 2,6 por cento) e 10.213 activos. Destes, 28 estão em estado crítico, 19 graves, 95 moderados, 73 leves e 10.098 assintomáticos.


Em internamento nas unidades sanitárias do país contam-se 205 pacientes, enquanto 85 pessoas são a ser acompanhadas em quarentena institucional e sob vigilância epidemiológica estão 4.854 contactos.


Vacinação

No capítulo da vacinação, Franco Mufinda revelou que foram administradas, desde o início do programa, em Março, 5.372.171 doses.


No que concerne à testagem obrigatória pós-embarque, o governante revelou que, desde Janeiro, foram testados no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro 128.922 passageiros, com o registo de 200 casos positivos.

O secretário de Estado voltou a apelar aos cidadãos para o cumprimento rigoroso das medidas de prevenção contra a Covid-19, concretamente, com o uso da máscara, lavagem das mãos com água e sabão ou o uso do álcool gel.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Coronavírus