Sociedade

Seis mortos e 16 feridos durante final de semana

Seis pessoas morreram e 16 outras ficaram gravemente feridas, em consequência de 26 acidentes de viação, ocorridos durante o fim-de-semana, na província de Luanda, e que causaram danos materiais avaliados em mais de nove milhões de kwanzas, soube o Jornal de Angola de fonte da Polícia Nacional.

15/10/2019  Última atualização 08H55
José Cola | Edições Novembro © Fotografia por: Fim-de-semana em Luanda foi marcado por 26 acidentes

No período em referência, 161 cidadãos foram detidos pela Polícia Nacional, por su-postamente estarem implicados em crimes de natureza diversa, ocorridos em vários bairros da província de Luanda, e a apreensão de 11 armas de fogo em posse de marginais.
O oficial de informação do Comando Provincial de Lu-anda da Polícia Nacional, subinspector Quintino Ferreira, disse ao Jornal de Angola que o trabalho de patrulhamento realizado na capital do país resultou ainda na recuperação de três viaturas roubadas. Tratam-se de um Suzuki, modelo Swift, cinza, matrícula LD-31-56-ST, Toyota, modelo Hilux, cor vermelha, matrícula LD-48-15-EH, e Toyota Rav4, azul, matrícula LD-86-26-CP.
A condução sob efeito de álcool, excesso de velocidade, o mau estado de algumas estradas, que apresentam buracos e falta de iluminação pública, no período nocturno, estiveram na origem da ocorrência dos acidentes de viação, segundo Quintino Ferreira.
O terminal 113 recebeu um total de 404 chamadas telefónicas de interesse policial e que mereceram a intervenção das forças da ordem em apoio aos cidadãos aflitos nos diversos municípios.
Quintino Ferreira apelou aos cidadãos no sentido de denunciarem todas as pessoas suspeitas que retiram o sossego da população no interior dos bairros. Instou ainda os cidadãos a evitarem fazer justiça por mãos próprias, recorrendo à Polícia Nacional para resolver situações relacionadas com a segurança pública.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade