Sociedade

Segunda dose da vacina Sputnik V aplicada a partir de hoje

Edivaldo Cristóvão

Jornalista

A segunda dose da vacina Sputnik V começa a ser administrada a partir de hoje, no Centro Paz Flor, em Luanda, anunciou, ontem, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta.

16/07/2021  Última atualização 05H00
Vacinação contra a Covid-19 com doses reforçadas © Fotografia por: Contreiras Pipa | Edições Novembro
A governante falava à imprensa, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, durante a recepção de 75 mil doses de vacinas, das quais 25 mil da Sputnik V e 50 mil da AstraZeneca, doadas pela diamantífera russa Alrosa e por Portugal, respectivamente.
Quanto aos outros pontos de administração da vacina, a ministra Sílvia Lutucuta acrescentou que os locais vão ser, igualmente, anunciados oportunamente.

A ministra da Saúde esclareceu que as pessoas serão atendidas de acordo com a data em que fizeram a primeira dose. Por esse motivo, pediu para irem apenas aos postos os cidadãos que receberem mensagens por email ou por telefone, no sentido de se manter o nível de organização e evitar enchentes desnecessárias.

"Quem não for chamado, não será vacinado”, avisou a governante para assegurar que "em breve, chegam outras doses, para continuarmos a dar o tratamento necessário aos cidadãos”.

O embaixador da Rússia, Vladimir Tararov, disse que a doação é um gesto de amizade e fraternidade com o povo angolano.
O diplomata anunciou que a Rússia vai continuar a enviar vacinas para Angola, de modo a combater o vírus que tem ceifado muitas vidas.

Vladimir Tararov realçou que Angola tem o caminho aberto para compra de vacinas de forma ilimitada. Por esta razão, disse não existir necessidade da população entrar em pânico.
"Reafirmamos a intenção do Governo russo de apoiar Angola na produção de vacinas em África”, rematou o embaixador.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade