Política

Secretária do Presidente realça papel dos Tocoístas

A secretária para os Assuntos Sociais do Presidente da República, Fátima Viegas, felicitou domingo, no santuário de Catete, município de Icolo e Bengo, a Igreja do Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo “Os Tocoístas” pelo vibrante percurso histórico que vem marcando de forma indelével a transformação da sociedade angolana, não somente na dimensão espiritual, mas também nos domínios político, social, económico e cultural.

30/07/2019  Última atualização 05H50
DR © Fotografia por: Secretária para os Assuntos Sociais do Presidente da República, Fátima Viegas

Fátima Viegas, que intervinha no culto de acção de graças em alusão ao 70º aniversário da relembrança da Igreja Tocoísta, assinalado a 25 de Julho, afirmou que celebrar o 70º aniversário da efusão do Espírito Santo em África significa também reconhecer as maravilhosas surpresas do inquestionável amor de Deus para com toda a humanidade.
A secretária do Presidente da República pediu a Deus para continuar a usar a Igreja Tocoísta para salvar os angolanos, movendo-os na senda da paz, justiça social, da unidade nacional, na diversidade cultural e no espírito da coesão social, a partir do íntimo de cada pessoa, das famílias e comunidades rurais, para manterem sempre as mãos dadas com as instituições do Estado e as demais igrejas e instituições da sociedade civil.
Fátima Viegas enalteceu a posição da Igreja Tocoísta ao ser das primeiras congregações religiosas a mostrar a sua solidariedade e amor para com as populações afectadas pela seca nas províncias do Namibe, Cunene, Huíla e Cuando Cubango, mobilizando os seus fiéis, doando uma quantidade significativa de víveres.
O governador da província de Luanda, Sérgio Luther Rescova, um dos convidados da cerimónia, reafirmou o compromisso de continuar a trabalhar com a Igreja To-coísta nos domínios da educação, saúde e de pacificação dos espíritos.
Para Sérgio Luther Rescova, a igreja e o Estado estão obrigados a caminhar de mãos dadas e neste contexto devem trabalhar juntos na promoção da educação, saúde das comunidades e, acima de tudo, na pacificação dos espíritos.
O governante reafirmou o compromisso de continuar a fazer o melhor para garantir ao povo e a todos os cidadãos da província de Luanda me-lhores condições de vida em todas as questões que têm merecido uma particular atenção da Igreja Tocoísta.
O líder da Igreja Tocoísta, bispo Afonso Nunes, enalteceu os ganhos obtidos du-rante os 70 anos. A igreja, sublinhou, atingiu um considerável crescimento numérico e qualitativo.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política