Regiões

Samba-Caju ganha escolas

André Brandão | Ndalatando

Mais de mil alunos do município de Samba-Caju, no Cuanza-Norte, vão estudar em melhores condições, no próximo ano lectivo, com a entrada em funcionamento de duas escolas, inauguradas, na quarta-feira, pelo governador Adriano Mendes de Carvalho.

29/07/2022  Última atualização 15H29
Escola © Fotografia por: DR

Uma das escolas, com o nome de Mateus André Garcia, em homenagem a um antigo administrador do município de Samba-Caju, vai acolher 770 alunos do primeiro ciclo. As obras, dentro do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), duraram 11 meses e ficaram orçadas em 582.105.300 kwanzas. 

A outra instituição de ensino, com o nome de Sebastião Filipe de Barros, também em homenagem a um antigo administrador do município, vai acolher 245 alunos do ensino primário.

As obras da escola, também dentro dos projectos do PIIM, duraram dois anos e ficaram orçadas em 134.289.605 kwanzas.

O director municipal da Educação explicou que, com as novas instituições de ensino, Samba-Caju passa a contar com 52 escolas, das quais 49 do ensino primário.

António Francisco Mateus adiantou que mais de nove mil alunos frequentaram o último ano lectivo. "Para melhor cobertura do sistema de ensino, o município precisa de, pelo menos, mais 52 professores”.

O governador do Cuanza-Norte, Adriano Mendes de Carvalho, considerou as novas escolas um ganho importante para as crianças e jovens do município e pediu à população no sentido de cuidá-las bem. 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões