Gente

Sam Mangwana encantado com Jornal Cultura

O autor de sucessos como “Tio António”, “Querida pátria”, “Galo negro”, “Susana”, “Fatimata”, “Georgette” e “Minha terra” mostrou ser um homem atento aos factos noticiosos em termos culturais. A residir actualmente no exterior do país, mais concretamente em França e Bélgica, no seu regresso às origens, para vários espectáculos, Sam Mangwana decidiu actualizar as suas fontes em termos de actividades culturais e das agendas artísticas.

03/07/2022  Última atualização 07H10
Sam Mangwana © Fotografia por: DR
Sam Mangwana socorreu-se do Jornal Cultura para actualizar a sua agenda noticiosa do país. No final, Mangwana mostrou-se encantado com o profissionalismo dos jornalistas e a qualidade do seu conteúdo. A reportagem da Gente  mostra o momento em que o músico recebia um dos exemplares do Jornal Cultura das mãos do jornalista Analtino Santos. Mangwana, músico angolano que se notabilizou a nível internacional no movimento da rumba congolesa, começou a sua carreira em 1963 no grupo "African Fiesta, do afamado Tabu Ley Rochereau.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Gente