Política

SADC avalia grau de execução de programas e as prioridades

O Presidente de Angola e líder em exercício da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), João Lourenço, orientou sexta-feira, em Gaborone, capital do Botswana, a reunião da Direcção Executiva do Secretariado da organização regional, no quadro da visita de 24 horas àquele país.

15/06/2024  Última atualização 08H35
Chefe de Estado ofereceu ao secretário-executivo uma peça que retrata o lema do mandato © Fotografia por: Dombéle Bernardo | Edições Novembro

A visita oficial do Chefe de Estado, efectuada no quadro da presidência rotativa assumida em Agosto do ano passado, durante a 43.ª Sessão da Cimeira da SADC, realizada em Luanda, serviu para João Lourenço informar-se sobre o estado geral da integração regional da organização, do grau de execução dos programas e das prioridades regionais, que emanam do Plano Estratégico Indicativo de Desenvolvimento Regional da SADC 2020-2030 e da Visão 2050.

João Lourenço, que encerra o seu mandato na liderança da SADC em Agosto deste ano, aproveitou para cumprir o trabalho de supervisão, ao nível mais elevado da estrutura de governação da SADC, ao mesmo tempo que baixou orientações sobre matérias políticas.

Durante a reunião com a Direcção Executiva, o Presidente de Angola obteve uma apreciação sobre o trabalho desenvolvido pelo Secretariado, de modo a dar impulso e facilitar o cumprimento da agenda de integração regional da SADC.

Acompanhado do ministro das Relações Exteriores e presidente em exercício do Conselho de Ministros da SADC, Téte António, o Chefe de Estado recebeu explicações do secretário-executivo da organização, Elias Magosi, na presença dos membros da Direcção Executiva do Secretariado.

Na sede da SADC, o Presidente em exercício assinou o livro de honra, percorreu os gabinetes do edifício, antes de ser encaminhado para a Biblioteca Julius Nyerere, onde apreciou a colecção da história da organização e os vários percursos e feitos trilhados em prol da região Austral do continente.

João Lourenço inaugurou, ainda, a placa alusiva à sua visita, no hall de entrada do majestoso edifício, erguido no "coração” de Gaborone, antes de pousar para a fotografia, ao lado de representantes do Governo daquele país, das secretárias-executivas adjuntas, dos embaixadores da SADC acreditados na República do Botswana, assim como de todos os membros do Secretariado Executivo.

O Presidente João Lourenço foi, ainda, actualizado, durante a reunião, sobre a situação geral da integração regional na SADC, questões emergentes e recomendações pela secretária-executiva adjun- ta para a Integração Regional, Angele Makombo Ntumba, tendo o líder em exercício da organização deixado o seu parecer e orientações.

Troca de presentes

O Presidente em exercício da SADC, João Lourenço, e o secretário-executivo, Elias Magosi, protagonizaram um momento de troca de presentes, antes dos discursos.

João Lourenço ofereceu a Elias Magosi uma peça de arte, tendo recebido deste um quadro com o seu rosto e com desenhos que retratam o lema da SADC adoptado pelo mandato de Angola, designadamente "Capital Humano e Financeiro: Os Principais Factores para a Industrialização Sustentável da Região”.

O lema da presidência angolana da SADC destaca ou valoriza os recursos humanos e o capital financeiro, como dois dos factores mais importantes para a industrialização sustentável da região.

Paulo Caculo| Gaborone

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política