Sociedade

Rota entre Benfica e Zango 0 tem mais autocarros articulados

Kílssia Ferreira

Jornalista

A empresa de transportes públicos Rosalina Express inaugura hoje, em Luanda, uma nova rota, entre o Zango 0 e o Benfica, com cinco autocarros articulados, entregues, quinta-feira(25), pelo Governo Provincial de Luanda.

27/05/2022  Última atualização 08H45
© Fotografia por: DR

Com a abertura da rota Zango 0-Benfica, a Rosalina Express aumenta para cinco o número de rotas na província de Luanda, informou, quinta-feira(25), o director para a província de Luanda da empresa de transportes públicos, José Henriques. 

A rota que é hoje inaugurada já existia, mas não era directa, mas, sim, intercalada, esclareceu José Henriques, quando falava à imprensa, no final da cerimónia de entrega dos cinco autocarros articulados, de marca "Scania” e de origem sueca.       

A empresa Rosalina Express decidiu abrir uma rota directa, entre o Zango 0 e o Benfica, devido à grande procura, diariamente, pelos serviços de transportes públicos naquele percurso, adiantou José Henriques. 

Os cinco autocarros foram formalmente entregues à empresa Rosalina Express pelo director provincial de Transportes, Tráfego e Mobilidade Urbana de Luanda, Amadeu Campos, que, na cerimónia, representou a governadora Ana Paula de Carvalho.    

Na província de Luanda, a empresa Rosalina Express funciona com 50 autocarros, cinco dos quais articulados, distribuídos pelas cinco rotas: Zango 0-Viana; Zango 0-KK-5.000, Zango 0-11 de Novembro, Benfica-Cidade do Kilamba e Benfica-Zango 0. 

O director para a província de Luanda da Rosalina Express anunciou, para breve, a abertura das rotas Benfica-Ramiros e Ramiros-Barra do Kwanza. 

Em declarações à comunicação social, o director provincial de Transportes, Tráfego e Mobilidade Urbana de Luanda, Amadeu Campos, revelou que, na província de Luanda, já foram entregues 81 autocarros articulados e os beneficiários são a TCUL, a Macon, Ango-Real e, agora, a Rosalina Express. 

Sobre a inauguração da rota Zango 0-Benfica, pela Rosalina Express, o director Amadeu Campos declarou que a empresa vai, com cinco autocarros articulados, reduzir a "insuficiência que havia na rota”, que só era operada pela empresa Ango-Real. 

O responsável considerou que a grande procura pelos serviços de transportes públicos entre o Zango 0 e a zona do Benfica deve-se ao crescimento urbanístico e, também, ao surgimento de "inúmeras fábricas”. 

A empresa Rosalina Express exerce a actividade nas províncias de Luanda, Benguela, Huíla e Huambo e tem, no total, uma frota de 753 viaturas, entre autocarros, mini-autocarros e ligeiros, para o serviço de táxi express. 

Em Luanda, a empresa transporte, diariamente, uma média de 25 mil passageiros, número que vai ser aumentado, a partir de hoje, com a inauguração da rota Zango 0-Benfica. 

O director do Departamento de Transporte, Tráfego e Mobilidade da Administração Municipal de Belas, Sérgio Sachicuata, aplaudiu a entrada em circulação de mais cinco autocarros, que vão permitir a redução do tempo de espera e das enchentes nas paragens, no período da manhã e no final do dia. 

O responsável disse esperar que as operadoras de transportes públicos coloquem à disposição da população o número de autocarros que estão a receber em função das necessidades apresentadas ao Governo Provincial de Luanda. 

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade