Regiões

RNA trabalha para a expansão do sinal do Cuanza-Sul

A Rádio Nacional de Angola (RNA) trabalha para a expansão do sinal radiofónico, com o objectivo de cobrir as chamadas zonas cinzentas em toda a extensão da província do Cuanza-Sul.

07/08/2021  Última atualização 16H44
© Fotografia por: Casimiro José

A garantia foi dada esta sexta-feira (6), no Sumbe, Cuanza-Sul, pelo administrador para a área técnica da maior estação radiofónica do país, Hamilton Domingos, que considerou como desafio cobrir a província com sinal de rádio para melhor servir os ouvintes.

"Temos um plano ambicioso e exequível, uma vez que vamos aproveitar as torres das operadoras de telefonia móvel implantadas em certas localidades da província, para cobrir as zonas cinzentas, como são os casos das localidades de Atome, Dumbi e Pambangala, no município de Cassongue, bem como das localidades de São-Lucas e Kienha,no Mussende”, disse.

A outra aposta, avançou, é a manutenção dos equipamentos para a sua operacionalidade ininterrupta, bem como do processo de formação de técnicos locais para responderem aos desafios operacionais. "Temos de fazer a formação de técnicos locais para que estejam em condições de solucionarem pontualmente os constrangimentos que possam surgir”, frisou.

Hamilton Domingos garantiu que acção a ser empreendida passa pela criação de oficinas regionais para facilitar a aquisição de peças de reposição num curto espaço de tempo.

"Pensamos na instalação de oficinas regionais que possam responder às necessidades locais, porque assim procedendo estaremos a minimizar os custos de deslocação”, realçou, dando garantias que nesta altura, a Rádio Cuanza-Sul está com 90 por cento do seu funcionamento.


Jornalista: Casimiro José

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões