Sociedade

Requalificação do município do Cuito custa mais de 100 milhões de dólares

Delfina Victorino | Cuito

Jornalista

O Executivo vai investir mais de cem milhões de dólares na requalificação da cidade do Cuito, que vai ser feita em três fases, durante cinco ano.

14/11/2022  Última atualização 07H00
As obras vão abranger a melhoria do saneamento básico © Fotografia por: Edson Fabrizio /Cuito

O projecto, que beneficiará, directamente, 550 famílias, localizadas nos bairros Catemo, Catraio, Popular e outros localizados na comuna do Cunje, abrangerá a construção de valas de drenagem, sistemas de abastecimento de água e de fornecimento de energia eléctrica, novos arruamentos, asfaltagem de vias secundárias e terciárias, entre outras infra-estruturas, que permitam a requalificação da cidade.

Durante a apresentação do projecto, assistida pela

administradora adjunta do Cuito para o Sector de Infra-Estruturas, Nair Gomes, a empresa portuguesa COBA Engenharia, responsável pela execução das obras, deu a conhecer que, na sequência dos trabalhos feitos desde o mês de Junho do corrente ano, fez-se um estudo de viabilidade que dá conta de que, numa primeira fase, vão ser beneficiadas mais de 500 famílias de zonas periféricas da cidade do Cuito.

Tatiana da Fonseca, engenheira responsável por todo o processo, disse, ao Jornal de Angola, que a empresa COBA analisa aspectos técnicos que ainda impedem que grande parte dos munícipes residentes em zonas periféricas da cidade do Cuito tenha acesso à água potável, bem como as melhores formas – a nível de engenharia - de projectar a construção de sistemas de abastecimento de água, de fornecimento de energia eléctrica e de toda a estrutura de saneamento básico.

"O Plano Director de Requalificação do Município do Cuito deve começar a ser aplicado em 2024, com a realização do concurso público onde será feito o lançamento das empreitadas. O orçamento geral ultrapassa os 100 milhões de dólares”, disse Tatiana Fonseca.

Acrescentou que a primeira fase do Plano Director de Requalificação do Município do Cuito contempla a requalificação de toda a estrutura de saneamento, em que serão investidos 12,5 milhões de dólares, que vai abranger a construção de infra-estruturas em bairros periféricos, visando melhorar a circulação das águas residuais.

A administradora adjunta do Cuito, Nadir Gomes, disse, ao Jornal de Angola, que, com início do processo de requalificação do município do Cuito, o Executivo dá um grande passo, visando a melhoria das condições de vidada população.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Sociedade