Regiões

Requalificação de cemitério orçada em kz 12 milhões

Estácio Camassete | Huambo

Jornalista

As obras de requalificação e ampliação do cemitério da vila municipal da Caála estão orçadas em 12 milhões de kwanzas, enquadrada no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), revelou, quinta-feira(14), o administrador daquela parcela da província do Huambo.

15/04/2022  Última atualização 10H15
Funerais vão ser realizados de forma mais condigna © Fotografia por: Edições Novembro

Ruben Etome referiu que os trabalhos de melhoria do cemitério, com duração de três meses, arrancam nos próximos dias, depois da formalização, quarta-feira, do acto de consignação da empreitada. 

O administrador municipal exortou à empreiteira para a necessidade do cumprimento dos prazos acordados, no sentido de facilitar o regresso dos familiares às visitas de campas de seus ente queridos o mais rápido possível. 

A requalificação do cemitério, explicou, vai obedecer duas fases, permitindo que os enterros não sejam paralisados e  dar a fácil mobilidade de pessoas durante os trabalhos. "Há, em redor do campo santo muito espaço, pelo que se vai alargar mais”. 

Referiu que o cemitério, há muito, precisava de obras de ampliação, sendo que as dimensões actuais são da era colonial. Neste momento, o espaço fúnebre está no limite da sua capacidade e com dificuldades para novos enterros, o que "se continuar assim, pode causar o seu encerramento”. 

 Ângelo Lusitano, soba da região, espera por comportamento responsável dos munícipes, exortando-os a não vandalizarem os meios da construtora, e que haja um reforço de iluminação pública, para se evitar práticas indecorosas. 

 


Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões