Regiões

Requalificação de Caxito fica concluída em breve

As obras de requalificação da cidade de Caxito, na província do Bengo, podem ficar concluídas dentro de poucos meses, anunciou, sexta-feira, no município de Ambriz, a governadora do Bengo, Mara Quiosa, na abertura oficial das Jornadas Patrióticas de Exaltação ao Presidente da República, João Lourenço.

05/10/2021  Última atualização 10H47
Ângulo de Caxito onde estão em execução várias obras © Fotografia por: Maria João | Edições Novembro
"As obras, no município sede da província do Bengo, propriamente na cidade de Caxito, não estão paralisadas. Pelo contrário, caminham para a sua recta final. Estamos, agora, com algumas vias com redes técnicas ou valas de drenagem completamente feitas. Portanto, a qualquer momento essas ruas deverão apresentar nova imagem. Mas a rua principal deverá receber já o betuminoso asfáltico”, afiançou.


Orçado em 69 milhões de dólares, o Projecto de Infra-estruturas Integradas de Caxito, que havia arrancado, em 2014, no âmbito da implementação dos Projectos de Investimentos Públicos (PIP), vai, finalmente, ficar concluído, graças ao seu enquadramento, no ano passado, no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), acrescentou.


Segundo a governadora, os trabalhos já realizados permitiram colocar um ponto final às grandes inundações que se verificavam na cidade de Caxito, sempre que chovia.


Deu a conhecer que, com as acções de construção e reabilitação da rede viária, sistema de abastecimento de água potável, rede de drenagem das águas pluviais, bacia de retenção, estação de tratamento de águas residuais, instalação de postes de iluminação pública e de sistemas de telecomunicações, o casco urbano da cidade ficou mais valorizado.


Dos 74 projectos, em curso, na província, a obra de requalificação da cidade de Caxito absorve cerca de 50 por cento do valor global do orçamento das obras a serem erguidas, no âmbito do PIIM, nesta região do país, avaliado em 32 mil milhões de kwanzas.


"Estamos muito felizes. O trabalho continua a ser feito, porque, pela sua importância, conseguimos introduzir o projecto no PIIM.

Queremos acreditar que dentro de alguns meses a população vai conhecer dias melhores”, referiu Mara Quiosa.


No Bengo, as Jornadas Patrióticas de Exaltação ao Presidente da República de Angola, promovidas pelo Movimento de Apoio Solidário de Angola (MOVANGOLA), enquanto organização social, serviram para mobilizar os diferentes actores sociais, sobre a necessidade de se cultivar e estimular a consciência patriótica em torno dos grandes objectivos da Nação, promovendo o resgate de valores morais e éticos, tendo em conta a participação de todos para a preservação do clima de harmonia social, tranquilidade e paz, estimulando o desenvolvimento no verdadeiro espírito de cidadania.
 Edvaldo Lemos | Ambriz

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Regiões