Economia

Regulador e Sonangol reforçam transparência

A Sonangol e o Instituto Regulador do Derivados do Petróleo (IRDP) advertiram, esta segunda-feira, os operadores envolvidos no contrabando de combustíveis com a suspensão imediata da relação comercial, no quadro de acções tendentes a introduzir a transparência no sector de comercialização e distribuição.

28/06/2022  Última atualização 09H47
© Fotografia por: DR

O grupo petrolífero estatal e o regulador emitiram, ontem, um comunicado, a anunciar acções para, a curto e médio prazos, solucionarem "o desafio que ainda representa o contrabando de combustíveis”.

De acordo com o documento, as medidas adoptadas nesse domínio, como o redimensionamento dos mercados consumidores, actualização dos planos diários de abastecimento, revisão da carteira de clientes e aumento das visitas preventivas a clientes vão ser reforçadas.

Nessa acepção, afirma o comunicado, práticas que propiciam o açambarcamento e distorção do consumo nas províncias fronteiriças, tanto de operadores licenciados, quanto de consumidores que comercializam combustíveis de forma ilegal são susceptíveis de serem detectadas.

As acções têm estado a ser implementadas para elevar os níveis de transparência, o que inclui "o comprometimento com as boas práticas e o reforço das estruturas de compliance e dispositivos internos de controlo”.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Economia