Cultura

Regresso ao Cuanza-Norte satisfaz conjunto Os Kiezos

Analtino Santos

Jornalista

O Conjunto Os Kiezos realizou, nos últimos dois finais de semana, igual número de concertos na província do Cuanza-Norte, nomeadamente no Dondo e Ndalatando, nos quais os actuais integrantes da formação carregam a mística dos membros fundadores e todo o peso histórico do grupo.

09/06/2022  Última atualização 10H45
Conjunto Os Kiezos © Fotografia por: DR

O guitarrista Gegé Faria justificou o regresso ao Cuanza-Norte, primeiro no dia 29 de Maio e a 4 deste mês nos seguintes moldes: "O primeiro concerto aconteceu no âmbito das festas da cidade do Dondo e fomos convidados pela equipa do Poeira no Quintal da Rádio Nacional para uma edição especial. A segunda foi uma proposta do governador da província, Adriano Mendes de Carvalho, em função da nossa passagem, tendo proporcionado um espectáculo público que também contou com a Banda Movimento”.

Dikambú, realizador do Poeira no Quintal, disse que a edição do dia 4 deste mês foi aproveitada para dar a conhecer figuras históricas da música angolana que têm ligações com o Cuanza-Norte, sendo o mais conhecido Vum Vum. Recordaram Mantião e Zé da Lua. O também músico e autor da revolucionária "Kibela” enalteceu a presença do veterano músico Júlio Bernardo Francisco, de nome artístico "Jubefo”, de 71 anos, e o historiador António Pedro Pinto.

O músico Dikambú realçou que a equipa não descarta a possibilidade de realização do Poeira no Quintal especial em outros pontos do país, atendendo as solicitações dos ouvintes e do interesse público. 

Em declarações, ontem, ao Jornal de Angola, Gegé Faria disse que "foi uma experiência importante porque sentiam falta do calor do povo do Cuanza-Norte, província onde no passado fizemos actuações memoráveis e temos muitos admiradores”.

O porta-voz do conjunto garantiu que estão preparados para animar espectáculos em outros pontos do país e agradeceu o apoio das autoridades e da população do Cuanza-Norte. 

Com Zé Manico e Manuelito nas vozes, Brando (solo), Gegé Faria (ritmo), Dulce Trindade (baixo), Tony Samba (teclados) e Sabino (bateria), Os Kiezos abrilhantaram os dois concertos com os principais temas do reportório do conjunto que soma 58 anos de carreira.

O governador do Cuanza-Norte, André Mendes de Carvalho, tem uma forte ligação com a música nacional e quando estudante em Cuba integrou uma banda com Dom Caetano. Os artistas reconhecem que no exercício de outras funções e as vezes como cidadão foi sempre solidário com a classe artística.

Os Kiezos surgiram em 1963, na zona do Kapolo Boxi, no Marçal, quando Domingos António Miguel da Silva "Kituxe” reuniu os amigos e vizinhos Marito, Adolfo Coelho e Avozinho.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Cultura