Política

Registo gratuito beneficia mais de 14 mil cidadãos

Catorze mil e 375 cidadãos do município de Cangola, na província do Uíge, beneficiaram, no ano passado, de registo de nascimento gratuito, no âmbito da Campanha de Massificação de Registo e Atribuição de Bilhete de Identidade.

11/01/2022  Última atualização 07H20
Registo gratuito © Fotografia por: DR
Em 2020, apenas 751 cidadãos de Cangola haviam beneficiado de registo de nascimento e de Bilhete de Identidade. Segundo o delegado municipal de Cangola da Justiça e Direitos Humanos, Felito António, citado ontem pela Angop, o aumento do número de registos resultou na intensificação dos trabalhos dos 26 brigadistas para chegarem a todas as localidades da circunscrição.

Setenta por cento dos cidadãos que obtiveram o assento de nascimento são crianças, disse, acrescentando que os serviços de identificação da localidade emitiram 10 mil e 468 Bilhetes de Identidade. Informou que foram arrecadados 663 mil e 681 kwanzas da cobrança dos serviços de registo comercial, criminal e solicitação da segunda via do Bilhete de Identidade.

O responsável lembrou ainda que em 2020 não houve campanha de Massificação de Registo de Nascimento e Atribuição de Bilhete de Identidade, devido à pandemia da Covid-19. O município de Cangola dista a 182 quilómetros da sede capital do Uíge e tem uma população estimada em mais de 180 mil habitantes.

Comentários

Seja o primeiro a comentar esta notícia!

Comente

Faça login para introduzir o seu comentário.

Login

Política